CMMG

Desde há algum tempo que se sabe que o ambiente na câmara anda de cortar à faca. Muitas têm sido as informações que nos vão chegando do ambiente estar pesado. Já nem falamos no que aconteceu na reunião da passada semana em que uma funcionária, que não foge ao estigma de ser da máquina partidária afecta à câmara, se “pegou” com um vereador. Quem manda no dinheiro dificilmente gosta de ser questionado! Referimo-nos ao que soubemos ter acontecido e que envolveu duas funcionárias andarem literalmente à cadeirada! Por razões que não importam, uma funcionária, quadro superior da câmara, andou à cadeirada com uma outra funcionária em pleno horário de expediente e nas instalações da câmara. Desentendimentos há-os em todo o lado mas este comportamento vem mostrar o quão mau anda o ambiente por aqueles lados. Só uma evidente falta de autoridade das chefias permite explicar um comportamento como este, ao que sabemos, sem consequências. Mas tudo isto tem, apesar de tudo, uma razão de ser. Quando uma autarquia permite um vereador seja insultado nas redes sociais por um quadro superior de uma empresa da câmara e daí não sejam tiradas consequências, tudo é possivel e tudo é permitido. Não admira que a senhora engenheira que decidiu recorrer ao argumento da cadeira tenha achado que o podia fazer! Comandar pessoas não é fácil mas torna-se mais difícil quando existe o sentimento que quem deveria mandar também é mandado.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

16 comentários

  1. O que vai ser muito divertido mesmo será se o Filipe for eleito pela CDU e o Próspero também o for. Já antes andaram à paulada e vai ser divertido vê-los de novo à bofetada.
    Também será divertido vê-lo ir com o pessoal do Casal do Malta para a assembleia municipal reclamar tinta para os muros. A partir de Setembro a vida política será muito divertida na Marinha.

  2. Onde não há pão…. Toda a gente ralha… E ninguém tem razão…
    Quanto às funcionárias… Aposto que foi no decurso das Famosas conversas de corte e costura na cmmg…. Apanágio de quem tem pouco para fazer….

  3. Um caso que não é caso. Sei de fonte segura, e não é a mesma do macaco. A fonte do macaco é aquela que ele já esteve por baixo ou por cima.

    Só porque se arrasta uma cadeira é preciso tanto alarido?
    Credo, o macaco já fez bem pior e foi nas costas.

    Publica que o provedor não vai dar tréguas à mentira.

  4. Câmara PS no seu melhor! Até metem dó…!!!
    Deixem a política e dediquem-se à pesca, deixando assim de contribuir para a lástima com que têm tratado uma actividade que devia ser nobre, a prática política dessa gente mais do psd e cds.

  5. Claramente o meu comentário vai para um tal Provedor,o mais claramente possível para que me entenda,já que,devido à sua tenra idade tem dificuldade em entender coisas sérias.
    Brigadas do reumático!?Reformados!?Velhos!?…
    Onde é que eu já ouvi outros comentários infantis como estes?…
    Já sei,foi a um outro garoto que se julga alguém e assim falou para o País.Levantou muita polémica,mas,já lhe esquecemos o nome tão pouco valor tem.
    O menino,pois um garoto deve ser para falar como fala,não entende nada de nada,muito menos de velhice tanto quanto percebo…se calhar nem nunca ouviu dizer que há velhos muito jovens e com muito conhecimento e jovens muito velhos e sem terem nada dentro.Como é apenas um fala barato,não deve estar interessado em aprender nada com estes velhos.mas eu,da altura e comprimento da minha velhice vou-lhe tentar ensinar algumas verdades(estará com certeza a tempo de aprender.Prende-se pontualmente com o que diga respeito a Casal do Malta,porquê,vive lá?…
    Se assim é todo o meu respeito como muito boa gente que lá vive e que nos merecem tanta consideração como qualquer outro conterrâneo.Pela forma desdenhosa de falar,suponho que assim não seja e que por isso mesmo não saiba,que,não é lá nesse lugar de gente humilde,que vivem os grandes ladrões deste País.Esses vivem nos bairros mais ricos em casas luxuosas,sentados em riquíssimas poltronas de onde controlam as nossas vidas,nos roubam o futuro,apagam o passado e enganam no presente.Você há-de ser muito novo para entender isto…mas saberá com-certeza que a esses tais,também nada interessa os nossos baldes de tinta ou as nossas hortas,só mesmo a nós,porque queremos mostrar o interesse que sentimos na mudança,e a mudança é deixarmos de atender só aos ricos e mais poderosos,aqueles que não vivem no Casal do Malta…COISAS DE VELHOS,SABE???

  6. Boa noite,

    Se leu o meu outro comentário, eu não tenho nada contra os “velhos” ou reformados ou idosos, antes pelo contrario. A bem da verdade não gosto que certos “velhos” da política se aproveitem dos movimentos.

    Quanto a Casal de Malta é uma terra como outra qualquer, má e boa gente existe em todo lado. Falei em pintar muros de Casal de Malta porque foi lá que aconteceu.

    Acha mesmo que o futuro de uma cidade dinâmica e industrial passa por hortas comunitárias e pintura de muros? Claro que não, tem de existir visão.

    A bem da verdade,
    Provedor,

    • Não menospreze a minha inteligência nem a da maioria das pessoas que vivem os objectivos do MAIS concelho,temos ideais,mas também ideias,convicções e também utopias(como todos)mas como tem vindo a salientar,não somos crianças,somos pessoas com experiências e conhecimentos,sabemos o que todos têm que saber,nenhum País,autarquia ou até mesmo a nossa própria casa sobrevive sem uma boa gestão,Se você na sua casa só der atenção ao que põe na mesa para se comer e se esquecer de pagar a água a luz e o Gáz,em pouco tempo deixa de poder cozinhar…isto também serve na política.Ninguém com ideais políticos e de governação se esquece de todos os sectores que compõem o objectivo a governar.
      Tranquilize-se que o MAIS não pertence a nenhum lobbi que pinta muros e planta hortas,sonhos um pouco sonhadores talvez,mas com ideais bem assentes nas realidades da terra.Industria,claro que sim,todas as industrias,não privilegiamos monopólios,comércio,serviços,saúde,ambiente,meio social,etc,etc,etc…
      Temos muitas horas,muitas conversas,muita troca de conhecimentos,na nossa história e projecto.Muito esforço no sentido de encontrar-mos soluções,qualquer afirmação contrária é no mínimo leviana e grande insensibilidade,mesmo para quem está só a fazer oposição.

    • Caro Provedor (não sabemos bem do quê). Pela informação que temos foi o vereador do PSD. Pelo que sabemos a questão tem a ver com entendimento que a oposição tem e que é diferente da seguida pelos serviços administrativos da câmara.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário