+ ConcelhoConstâncio

Há um ano atrás escrevemos sobre a poluição visual que existe ali na rotunda mais conhecida e movimentada da terra. Nessa altura lemos aqui o Constâncio escrever que “No local referenciado no post do “Curioso”, independentemente do que estiver colado naqueles painéis, eles nunca lá deveriam estar. Se houvesse coragem política, que também faltou de 2001 a 2005, naquele espaço deveria estar o Monumento ao Movimento 18 de Janeiro, passado a bronze e onde a efeméride se poderia celebrar de forma digna, dignificando também o espaço urbano circundante.“. Um ano depois, o movimento que ele apadrinhou fez o mesmo que ele há um ano disse que “nunca deveria lá estar”! Contribuíram para fazer daquele um dos que devemos evitar passar. Acreditamos que ele possa não ter sido consultado quanto à colocação naquele local do outdoor com a cara do Logrado mas temos muita curiosidade em saber se ainda mantém a mesma opinião ou se, um ano depois, já é aceitável que também o seu candidato ali esteja a ser uma das causas de existir poluição visual naquele local. Se existir coerência deverá estar contra que ali também o Logrado seja um dos que impede que se veja o parque. Pelo que agora podemos ver, o Logrado não teve a “coragem política” que o Constâncio há um ano apregoava para não fazer como os outros! Os interesses da campanha sobrepõem-se ao que possam ser os critérios invocados pelo Constâncio, A terra ficou assim um pouco mais feia. Também em relação a esta falta de coragem política temos curiosidade em saber o que o Constâncio terá dito ao Logrado ou se o terá aconselhado a tentar fazer como os gatos (e ele próprio), tentando cair sempre de pé, a bem da campanha, mesmo contra o que possa ser o melhor para a terra!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

18 comentários

  1. Faz o que digo, não faças o que faço. É bom mandar bitaites, mas quando não há princípios, no melhor pano cai a nódoa. E caiu mesmo.
    Desta vez o Curioso esteve bem.Acertou

  2. O Curioso, no passado dia 15 de junho postou aqui com o titulo “Abandono”, fazendo uma critica ao mau aspecto do Parque Martires quanto à sua manutenção.
    Acho que lhe deram ouvidos e para bem da “beleza” paisagistica marinhense resolveram meter umas barreiras visuais ao dito parque.
    Mas agora não entendo, porque está insatisfeito com a solução?

    • Caro Pe.descalço43. Pensamos que a câmara não dará ouvidos ao que escrevemos e que não terá sido por isso que o parque foi arranjado mas é verdade que o foi. Barreiras paisagísticas é algo que ali não deveria existir.

  3. Caro Curioso
    Só para clarificar.
    1.º – Sou um incondicional apoiante da candidatura de Carlos Logrado e do Movimento + Concelho, porque lhes reconheço competência, sentido de rigor e amor à terra em que vivemos e de que todos nos orgulhamos.
    2.º – Não faço parte do núcleo do Movimento, não participo nas tomadas de decisão e não faço, nem farei parte de qualquer lista a órgãos autárquicos, porque acho que já cumpri o meu dever de cidadania quando fui chamado a fazê-lo e porque entendo que à que dar lugar a novos rostos e novas formas de intervenção política e o + Concelho tem, no seu seio, muita gente com prestígio e qualidade para desempenhar esse papel.
    3.º – O Curioso reportou esta pequena provocação a um post meu de Julho de 2012, mas nem sequer leu com atenção aquilo que escrevi e que mantenho integralmente.
    Se tivesse lido, verificaria que no 3.º parágrafo, eu digo “Que, para além dos casos especiais das campanhas eleitorais em que a lei permite, para salvaguardar a liberdade de expressão, a afixação de material de campanha, todos os outros deveriam ficar sujeitos às normas constantes dos Regulamentos Municipais”.
    Pode arranjar os gatos que quiser, pode tentar ser original nos textos que publica, mas, no mínimo, procure ser rigoroso na análise.
    De qualquer forma, deixe que acrescente mais isto: – Se a Estátua ao 18 de Janeiro vier a ser deslocada para o espaço que estamos a referenciar, como era vontade do seu autor, Professor Joaquim Correia, infelizmente já falecido, eu acho que a Câmara que estiver em funções, deveria criar uma norma no Regulamento, que impedisse qualquer espécie de afixação de propaganda naquele local, definindo espaços alternativos próprios para o efeito, com condições para todos os que participarem em processos eleitorais pudessem afixar a sua propaganda em igualdade de condições.

    • Caro A. Constâncio. Lemos o que escreveu, até porque está bem claro. “Independentemente do que estiver colado naqueles painéis, eles nunca lá deveriam estar” não nos parece deixar muita dúvida. Queremos ser tão rigorosos quanto possível e, tanto assim é, que colocámos o link para o post onde fez esse comentário para que se possa ler tudo.
      Quanto à explicação que dá, não podemos dizer que não estivéssemos à espera dela. Reconhecemos-lhe a capacidade de cair sempre de pé pelo que era a resposta previsível. No fundo, o que podemos perceber nas entrelinhas é que aceita que recorram ao que está mal. Todos diferentes, todos iguais!

  4. Constâncio, já fos-te o melhor vereador e vice-presidente, continuas a tentar abrir as mentes, mesmo as mais tacanhas. És um Homem digno de agá maiúsculo.

  5. Ainda um dia o Curioso, esgotando as vítimas da sua bílis venenosa e não mais ninguem, faz como o barbeiro e vira-se para o espelho e diz: e tu também és um bom sacana…

    • Caro anónimo. Todos os dias todos nós nos olhamos ao espelho para vermos o quão “sacanas” somos e no dia em que conseguirmos achar que somos mais do que todos os outros, faremos sobre isso um post. Fica prometido.

  6. O que é que não percebe numa frase que diz ” PARA ALÉM DOS CASOS ESPECIAIS DE ACTOS ELEITORAIS PREVISTOS NA LEI..”?
    O que eu escrevi e mantenho é que aquele espaço deve ser reservado à homenagem ao 18 de Janeiro e aos seus heróis, mas afirmei que os direitos consagrados na lei para propaganda eleitoral não podem ser violados, a menos que a Câmara crie espaços alternativos e altere o Regulamento.
    Se mesmo assim não perceber e insistir em me fazer CAIR, mesmo de pé, vai ter que empurrar muito mais e duvido que tenha força suficiente para isso.

    • Caro A. Constâncio. Não temos ou tivemos qualquer intenção de fazer cair quem quer que seja. É uma mera expressão. Reconhecemos aos políticos a capacidade de conseguirem sempre tentar dar a volta. Não é excepção.
      Entendemos a frase que repete que, apesar de tudo, não altera o que disse mais à frente. Mas podemos ser nós a não conseguir ver que ali, naquele sitio, em campanha vale colocar tudo! Falta o PS, BE, CDS, PSD e MpM e assim vedava-se o parque!

    • Então Sr. Constâncio? Está a perder as estribeiras com o Curioso? Está a ficar com o mau feitio que tinha quando estava na câmara? Não há necessidade disso. Até já nem está na política, segundo diz. Bem, está com um pé dentro e um pé fora. Se o Logrado ganhar sempre vai ter um lugarzinho no tal conselho consultivo de “velhos” da politica. Pode ser que aí o Logrado o ouça já que agora, pelo que diz, ele não lhe dá ouvidos. Lá estou eu outra vez a confundir-me. Ele dá ouvidos até porque agora já se pode usar a rotunda para fazer propaganda.

  7. Melhor fez o MpM que colocou o outdoor onde nao faz qualquer tipo de ruido ambiental, visual ou outro qualquer.
    Não se vê. E prontes!

    • O MpM apostou numa campanha de afronta. Montou a sede de campanha mesmo ali ao lado da câmara para o Álvaro estar sempre a ver. Agora colocou o outdoor mesmo em frente ao Próspero. Assim não há dia nenhum que eles não fiquem com uma azia desgraçada.

  8. Não estranho nada este tipo de campanha anti-movimento + Concelho, agora que se começa a conhecer quem vai a votos, alguns sectores da nossa sociedade começam a ficar um pouco nervosos, vamos lá saber porquê?
    O + Concelho pode não apresentar os melhores, mas que está a preparar uma excelente equipa de trabalho, disso não tenho qualquer dúvida.
    Se os Marinhenses querem realmente uma mudança, está chegada a hora.
    Serão os habituais indecisos e os abstencionistas que podem fazer a diferença.
    É desses que vem a ameaça ao poder instituído, é desses que o + Concelho espera o apoio, homens e mulheres que querem construir um futuro melhor para os seus filhos nesta terra que os viu nascer e crescer.
    Chega deste marasmo em que esta terra caiu. É hora de mudar.

    • Começa a conhecer quem vai a votos? O + Concelho não anunciou quaisquer nomes. Começaram por falhar logo no dia em que disseram que iam divulgar quem fazia parte das listas.
      Não se dêem tanto à importância.

  9. Esta gente devia ter vergonha.
    Um disse que nao ia mais para a politica e é o que se vê nas reunioes e festas onde os polos brancos estao.
    Outro foi eleito na Moita e nem sequer apareceu na tomada de posse (o da Vieira ainda foi a uma assembleia).
    Disseram que nao gastavam dinheiro com a campanha e é o que se vê.
    Afinal a postura é a mesma dos partidos

  10. É no + Concelho sim, que está a grande diferença entre a apatia dos partidos e a dinâmica do movimento.
    Vamos todos apoiar o + Concelho, já.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário