De casa às costas

CuriosoCMMG6 Comentários


Lemos ontem algo que, mais uma vez, não conseguimos entender. A câmara anunciou que irá deslocar, a partir de segunda, os serviços de atendimento de águas e saneamento do local onde está para o edifício da câmara.  Até aqui nada de anormal. O que começa a ser anormal é essa mudança ir ser feita agora e um dia, quando a Resinagem estiver pronta, esses serviços irão passar para lá. A menos que tivesse havido uma qualquer catástrofe no edifício onde os serviços agora funcionam, não se consegue entender esta mudança provisória de instalações. Os custos que a isso estão associados não sabemos quais são mas é indiscutível que haverá custos. Esta necessidade de andarem com a casa às costas poderá estar ligada ao facto de ninguém fazer, nesta altura, ideia de quando será concluída a obra da Resinagem. Se dúvidas existiam quanto à indefinição que existe em relação àquela obra, ela foi confirmada com este anúncio. Não acreditamos que encontremos o Álvaro na operação de mudança mas esperamos que possamos encontrar alguma explicação para esta estranha mudança. Esperamos também que possa ser dada alguma indicação relativa aos reais custos de se ir mudar a casa para um lado e a seguir para o outro.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 Comentário em “De casa às costas”

  1. Avatar

    Se o executivo faz esta mudança é porque acha que é bem faze-la;deixem-nos trabalhar e acabem com os “tiros”

  2. Avatar

    Será que o PS vai optar por fazer do edificio da Câmara a sua própria sede de campanha?
    Talvez por isso se possa justificar a escolha do MpM em se ter instalado mesmo ali ao lado.

    1. Avatar

      Caro anónimo das 12.00.
      Se não sabe devia saber que o grupo do mdm é alimentado por gente provocadora e porquê?
      Sabe que o Dr Alvaro é rotario e como os outros 2 que estão nas montras ( só fogo de artificio )também são rotários o seu clube está a apoiar um sujeito à Câmara que não é natural da Marinha Grande, tem uma empresa no concelho de Leiria em os seus impostos vão para Leiria.
      Digam-me qual o curriculo do candidato no associativismo para se apresentar nestas eleições.
      O único cargo que teve de relevância foi o ser presidente dos rotários e mais nada.
      Espero que o povo da Marinha Grande não vá atrás de gente sem impotância.

    2. Avatar

      O anonimo das 14:26 fala do grupo do mdm.
      É só para lhe dizer que o MDM (Movimento Democrático de Mulheres) não tem gente provocadora. Creio que para falar do mdm este anónimo deve ser uma mulher, por isso pode vir juntar-se a nós.
      Por favor informe-se bem, e não venha para aqui falar do que desconhece.

  3. Avatar

    Caro Anónimo das 14:26, por saber tudo isso e mais algumas coisas é que eu não o apoio. O MpM é um Movimento de contestação ao PS/Local.
    Quanto ao curriculo pessoal do Eng.º Aurélio tem algumas notas de registo no meio associativo e desportivo, mas não chega.
    Não basta parecer é necessário o ser e nisso ele não consegue descer ao povo, há uma linha bem grossa que separa o mundo dele, do nosso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address