Auxiliar de gestão camarária

CuriosoCMMG, Resinagem9 Comentários


Lemos ontem que as obras na Resinagem irão prolongar-se até, pelo menos, ao início de Agosto. Mais uma vez a justificação para o atraso está ligada a condições ambientais, existindo, pelo que lemos, humidade que está a por em causa o normal andamento dos trabalhos. Apesar da oposição ter deixado passar o pedido de prorrogação do prazo de conclusão da obra, não conseguimos entender mais este atraso. Também não conseguimos entender como é que a oposição vai deixando tudo andar sem pedir as explicações que permitam aos munícipes entender o que realmente se passa. O atraso na obra tem sido justificado com o mau tempo e, desta vez, com humidade. É nesta altura que a sugestão do deputado Bruno Dias do PCP parece fazer sentido. Não deverá ser apenas o Governo quem deverá regular os planos do país e fazer as previsões com recurso ao Borda d’Água. Também aqui na terra a câmara deveria fazer a gestão com base nos ensinamentos que se conseguem obter naquele velho almanaque. Com as desculpas que têm vindo a ser dadas, poderiam conseguir dar-nos a conhecer com maior exactidão, e sem estar sempre a empurrrr para a frente, para quando deveremos contar com a conclusão das obras. A verdade é que, sem que sejam dadas explicações que convençam, a Resinagem está já com conclusão prevista para um mês e meio antes da data prevista das eleições. Mas como no Borda d’Água se prevê mais chuva, nem em Agosto deverá ser concluída! Sem que tivéssemos que recorrer às previsões do Borda d’Água, já há muito que se previa que assim viesse a ser e que a conclusão das obras caísse mesmo perto das eleições. Sabendo-se que isto iria acontecer, o papel da oposição tem sido demasiadamente passivo e a abstenção no pedido de prorrogação do prazo de conclusão até se entenderia se, com ela, tivesse vindo um pedido de esclarecimento detalhado relativamente aos motivos do atraso. Não o tendo feito, a oposição está apenas a dar cobertura a algo que depois critica!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

9 Comentário em “Auxiliar de gestão camarária”

  1. Avatar

    É por estas e por outras é que os Movimentos apareceram e vão abanar a politica local. As obras só vão estar concluídas perto das eleições como tem sido pratica dos partidos que estão no executivo.
    Quem está na oposição está calado porque lhe interessa que seja mesmo assim e quando for em campanha tem argumentos para “derreter” quem esteve no poder. Já vimos estes filmes em anos anteriores. Quem não se lembra do Parque da Cerca e do Atriun? Isto para falar dos mais recentes.
    Só deixava aqui uma questão: O caderno de encargos das obras tem prazos de execução e pelo que sei a lei tem sido bem exigente no seu cumprimento. Então, se as obras estão atrasadas quem vai pagar o quê a quem? Se o atraso é da responsabilidade do empreiteiro vai ser a Câmara a receber. Se o atraso se deve à Câmara lá vai o empreiteiro receber mais uns eurozitos do Zé Povinho.
    Ah… esqui-me. Nada disto a culpa foi do S. Pedro que mandou chuva no inverno e o caderno de encargos não contemplava intempérides.
    Desculpe lá Sr. Presidente já estava a pensar que o senhor fazia questão de inaugurar as obras um mês antes das eleições. Bem me recordo de o senhor ter dito no inicio do ano que as obras estariam concluídas em Maio. Sabe uma coisa senhor Presidente, ou o S. Pedro ou alguém o tramou e o senhor também não percebe nada do que é gerir uma câmara e de obras ainda menos. Se voltar a ganhar a câmara, o que tenho muitas duvidas, mude a sua equipa, o que me parece mais provável é quem vai ser mudado é o treinador.
    Abençoados os homens que tiveram a coragem de se apresentar como independentes aos destinos da nossa terra. Venham eles e que vocês aprendam de uma vez por todas que se vos acabou o rei na barriga.
    A competência dos técnicos não se mede pela cor partidária.
    A capacidade de trabalho não se mede pelo tamanho da lambedela que alguns dão.
    Não sabem que é muito feio andar a perseguir pessoas só porque não alinham naquilo que nos fazia mais jeito.
    Olhem vão todos, PS, PSD, CDU, de férias e fiquem por lá. Voltem só para as inaugurações.
    Vivam os Movimentos Independentes

    1. Avatar

      Viva também D. Sebastião e se a questão é climatérica, oxalá que na época das eleições, lá para fins de Setembro, faça muito nevoeiro, ele pode não vir, mas a malta dos movimentos já não precisa de nos atirar serradura para os olhos, que ainda nos pode lesionar.

    2. Avatar

      Os movimentos independentes falam muito, criticam sem saber como as coisas se processam e não fazem ideia do que é gerir uma Câmara e não têm obra para apresentar. Se pensam que vão gerir uma fábrica de moldes, estão enganados…

    3. Avatar

      Sem querer entrar na lavagem de roupa suja, caro anonimo das 20.36, discordo da sua afirmação.
      Vejo nos movimentos independentes um lote de empresários, que além de nas suas empresas movimentarem grandes volumes de dinheiro, engrossam, e de que maneira, os cofres da autarquia com os imposto directos e indirectos que geram para o Concelho e para o país.
      Será que não são capazes de fazer melhor do que tem sido feito até agora? Olhe que se calhar mesmo sem “arregaçar as mangas” e sem grande transpiração…..
      Acho mesmo possível!!

    4. Avatar

      Caro anónimo das 21:24
      Não sei a que se refere com roupa suja, mas se a quer lavar esteja á vontade porque a minha não é de marca, mas está lavadinha.
      Porque acha que os “empresários independentes” são mais competentes que os outros que por lá passaram. Pelo facto de serem empresários ???? Isso já não é novidade na gestão autárquica e é como lhe digo. A Câmara não se gere como uma empresa em que o patrão quer, pode e manda.

    5. Avatar

      Fazer melhor que o actual executivo ???? Concertesa que sim. Para isso nem precisa ser competente. Basta ser um pouco menos incompetente. Fazer pior é que seria bem mais dificil.

  2. Avatar

    As eleições autarquicas também são só em 29 de setembro.
    Mas agora que falo nisto, deve ter sido por causa das obras da Marinha Grande que o António josé Seguro ficou todo irritado com a data anunciada.
    É que por este andar não vai dar tempo para fazer a inauguração ainda neste mandato.

  3. Avatar

    Enquanto marinhense não me preocupa tanto se as obras terminam agora ou daqui a 2 meses, mas sim o que vai acontecer no depois, aí é que está o busílis da questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address