MpM

A vantagem de este ano haver muitos na corrida ao poder é que nos podemos divertir com o que vão dizendo e vão fazendo. Quando ouvimos o Aurélio dizer que os planos que fazia eram para 2025 pensámos que começaríamos a saber qual a visão que tem para esse ano e de que modo queria a terra. Já passou algum tempo e ainda não conseguimos saber nada. Não sabemos como vê a terra nem o que para ela projecta. Se nenhuma preocupação parece existir em dar a conhecer o que pensa, já não é assim no que diz respeito a dar a conhecer os sítios por onde vão andando. Ontem pudemos ler que o Aurélio foi com o Artur ao arraial do Império! Pronto, sabemos que estiveram lá! E daí? Que interessa aos eleitores saber se eles estiveram lá? Vem daí alguma vantagem para os que teremos que ir votar daqui a uns meses? É por eles terem ido lá que ficamos a saber o que pensam para a terra ou se tornam melhores candidatos que os demais? É por nos darem a conhecer o que fazem aos fim-de-semana que isso nos diz como irão fazer a terra dar o salto? Não conseguimos entender esta forma de fazer política. Há quem diga que seguem um modelo de um candidato no Porto mas será esse o que convém aqui seguir? Podemos até ser acusados de ser conservadores em relação ao modo como devem ser feitas as pré-campanhas mas, por muito que tentemos, não conseguimos entender esta forma de agir. É razão para se começar a questionar se teremos ainda que esperar muito tempo para que possamos começar a saber como vê o Aurélio a terra daqui a uns anos porque, no que nos diz respeito, pouco nos interessa saber onde esteve ou aos locais onde vai, interessa sim saber para onde quer ir e para onde quer levar a terra! Só assim poderemos saber o que o diferencia dos demais.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

28 comentários

    • Está a dar-se a conhecer já que na terra é um “ilustre” desconhecido. Nunca fez nada pela terra ou pelas pessoas que fosse digno de registo, daí andar a pavonear-se e a fazer propaganda à pasta de dentes com aquele sorriso cinico e aproveitando as iniciativas alheias

    • Gostei de o ver no Imperio, numa festa que já não fazíamos há muitos anos. Foi pena não ter visto mais pessoas, para que o sucesso do nosso arraial ainda tivesse sido maior.

    • Gostou de o ver lá? É sempre bom quando aparecem mais pessoas mas isso num candidato à câmara diz-nos o quê sobre o que ele quer fazer na Marinha? Nada.

    • É verdade. Nada que o Pedrosa (qdo foi candidato, e derrotado), tenha feito, juntamente com o Vicente, no MODELO (Continente).Até me assustei, a 50 mts a chamarem pelas pessoas (a mim inclusivé, quando mtas vezes fingiam que não me conheciam). Coitados

  1. Deve andar ainda a tentar imaginar como quer que a Marinha seja nessa altura.
    Se o + Concelho exagera naquilo que diz que quer fazer, o MpM exagera no que deixa de dizer.

  2. É interessante o conteúdo deste post.
    Sou adepto dos movimentos independentes sem, no entanto, ter ainda a minha orientação do sentido de voto definido.
    Mas até parece que os munícipes já sabem o que vai fazer o Dr. Álvaro ou o Sr. Vítor Pereira.
    Que eu saiba nada ainda foi apresentado!!! Mas pelo vistos aqui no Largo já sabem. Conhecimento privilegiado ou campanha partidária???
    Como o povo gosta de ser enganado!!! O que querem é promessas eleitorais. Será que ainda não aprenderam? Ponham os olhos no programa que o atual executivo camarário apresentou na altura e o que concretizou!!!

  3. Mas expliquem-me uma coisa para perceber melhor. Expliquem-me como se eu fosse burro.

    Quem são esses Srs que tanto se comentam aqui, pela negativa, o Sr Aurélio e o Sr joão Paulo Pedrosa?

  4. Até parece que o MpM são os “sombras” do + concelho, pois tudo o que eles fazem (+ Concelho) e as ideias que têm para a Marinha, é copiado passados alguns dias, acho que as pessoas que abandonaram o + concelho por falta de protagonismo e criaram outro movimento deviam de permanecer juntos pelo bem da Marinha. VIVA A MARINHA GRANDE que merece bem mais do que se tem feito nos últimos anos.

    • Podia especificar melhor quais as ideias copiadas. É que temos aqui ouvido dizer que o MpM não tem apresentado ideias, se são estas que copia do + concelho, então posso concluir que nenhum tem ideias.

  5. Eu conheço pouco dos movimentos, mas ao que me parece de um lado está a classe patronal (mpm, e do outro existe alguma mistura, com mais elementos da classe trabalhadora (+concelho, na minha opinião acho que alguns elementos do mpm que têm cargos de gerência nas empresas, haviam de pensar em dar melhores condições de trabalho aos seus funcionários e melhores condições salariais, e então depois sim, pensarem em ser políticos, pergunto como é que eles querem dar melhores condições de vida aos marinhenses se não conseguem melhorar as vivas dos próprios funcionários?

    • Aqui está um comentário com toda a lógica.Se exploram os empregados que os ajudam a enriquecer, como é que podem fazer alguma coisa pelos munícipes?

  6. Pelo que soube,o Aurélio teria sido convidado pelo Logrado, para se juntar ao +Concelho, quando este grupo se formou.Como não havia figuras definidas para encabeçar as listas, a ideia do Logrado era, que os principais elementos das listas fossem escolhidos por mérito e de forma democrática por todos os elementos que compões o núcleo de trabalho do +Concelho. Aqui,o Aurélio poderia ocupar um dos primeiros lugares, ou não. Não querendo arriscar, preferiu formar o seu próprio movimento, na busca de protagonismo, que à partida, não lhe era garantido no +Concelho. Se olharmos para esta questão de forma lógica, os dois grupos, +Concelho e MpM , perdem uma grande possibilidade de afastar da Câmara o PS e o PCP, ao partilharem uma grande franja de eleitores que não se revê nos partidos.

    • Sei muito mais do que aquilo que você pensa. Se tem algum argumento para contrariar o que afirmo, exponha-o aqui e indique onde é que estão as asneiras,ou sou a obrigado a pensar que é afecto ao Aurélio e que quererá fazer crer que o interesse deste senhor é pela Marinha Grande. Quer enganar quem?

    • Já que o Anónimo das 20:57 está tão bem informado, então diga-nos, qual foi o motivo que levou o Aurélio não aceitou o convite do Logrado.

  7. Às vezes dá a sensação que o Logrado e o Próspero é que têm a chave para o desenvolvimento da Marinha e que todos os outros terão de estar condicionados pelas suas vontades.
    Se de alguma forma foram convidados não teriam o direito de declinar. Aconteceu também com o Santos e com muitos outros que foram anunciados pelo Logrado quando nunca sequer participaram em nada.
    Que raio de forma de pensar.

    • Caro anónimo. A divergência de opiniões não justifica esse tipo de comentários. Claro que entendemos que ninguém o queira ser sozinho mas isso não significa que devam ser feitos comentários deste teor. Aprovamos apenas para que sirva se exemplo do que não deve ser o tipo de linguagem usada aqui.

    • Tanto eu anónimo das 20:57 como você anónimo das 23:51 nos manifestámos aqui sobre a cortina do anonimato, condição que este sitio até agora nos permite usufruir. Por conseguinte aconselharia o anónimo das 23:51 a moderar a expressão da sua escrita, sob pena de sem se aperceber, por coincidência podermos ser da mesma família, o que a acontecer lhe poderia causar algum transtorno de personalidade.
      PS: Mantenho integralmente o comentário que coloquei às 20:57 como resposta ao comentário das 20:19

  8. Se o +Concelho se formou primeiro do que o MpM se os princípios são semelhantes, então não compreendo o porquê do aparecimento do MpM. Alguém me poderá explicar a razão da sua existência?

    • Há aqui qualquer coisa que me está a ultrapassar, então mas não foi o MpM através do seu cabeça de lista que assumiu em primeiro lugar a candidatura à presidência da Câmara nas próximas eleições autárquicas?

  9. Tem toda a razao. Alias ainda nao comprendi sendo o pc o partido que apareceu primeiro porque é que depois apareceu o ps, o psd, o cds, o be.
    Teriamos ficado bem com um só partido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário