A família comunista

CuriosoPCP5 Comentários


Soubemos há uns dias quem irão ser aqueles que irão concorrer à câmara por parte do PCP. Numa aliança que dura há anos e que poderá ter sido a forma encontrada de afastar algum estigma que existe em relação ao nome do partido, o PCP irá colocar nomes como o Vítor, a Alexandra, o Fernando e a Estrela. Estas escolhas, defendidas por quem está dentro na máquina decisora, têm causado algum incómodo junto daqueles que esperavam outras alternativas. Mas a decisão está tomada e existe, junto dos que começam a fazer campanha, a convicção de que conseguirão retirar o lugar ao PS, mais que não seja pelos problemas que têm existido. Sente-se, no entanto, que não existe a união que existia na família comunista. É certo que, apesar disso, o partido tem eleitores fieis e os problemas que têm existido com a gestão do Álvaro, a par do efeito que a governação do Passos poderá causar no PSD, e na candidatura do Santos, e com os independentes a dispararem em todos os sentidos, o PCP poderá mesmo, apesar de tudo, conseguir chegar onde pretende. Quem vaticina isso diz também que poderá não ser tanto pelo mérito próprio mas mais pela falta de mérito dos outros! Tem-se notado que o PCP está a começar a pré-campanha seguindo o que o tempo lhes ensinou, sem grande espalhafato, aproveitando os deslizes que os outros vão cometendo. Tem-se também notado que começam a por a máquina a funcionar e isso foi evidente na intervenção que o Guerra teve na primeira acção promovida pelo grupo de utentes pela manutenção dos serviços no centro de saúde. Sem que dessem muito nas vistas, o Guerra assegurou o lugar e fez um discurso marcadamente político, tendo conseguido colocar nas ruas, com a Etelvina a liderar, uma manifestação à boa maneira antiga. Resta saber se o Vítor irá conseguir movimentar a máquina partidária de modo a conseguir atrair os que possam estar descontentes com a liderança local.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

5 Comentário em “A família comunista”

  1. Avatar

    Parabéns ao Curioso pelo excelente retrato de famila. Faltou apenas o Francisco, o Esperança e a Isabel.

  2. Avatar

    Peço desculpa mas discordo da opinião, não estava só o PCP também lá estive e vi alem do Presidente da Câmara muitos elementos do PS, também vi lá uma grande parte do Movimento + concelho, por vezes não é preciso andar a cumprimentar as pessoas para se estar presente.

  3. Avatar

    E se o PC ganhar é sem duvida a pior equipa de sempre. Aliás , eu diria que ganhe quem ganhar nunca a Marinha Grande esteve tão mal servida.
    merecíamos muito mais.

  4. Avatar

    De facto o PC continua a insistir em mais do mesmo. Tal como a igreja mantém as mesmas ideias, ainda que saibam que estão desajustadas da realidade.

    Estão à espera que os independentes lhes dêem a vitória de mão beijada.

    É bom que saibam que o pessoal sabe bem das suas responsabilidades na estagnação da nossa terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address