Turismo pouco Industrial

CuriosoCMMG15 Comentários


A semana passada foi lançada a ideia que há um ano atrás foi anunciada, turismo industrial. Desde que surgiu o anúncio, a câmara “só” demorou um ano a por a ideia em prática. O facto de este ano poder haver eleições pode não ter nada a ver com o terem deixado arrastar a ideia até agora mas, finalmente, ela aí está. Não vemos qualquer mal na ideia mas parece-nos que o efeito não será o desejado. De pouco adianta lançarem-se ideias isoladas quando tudo o mais não está como se vê. De que adianta quererem ter-se cá turistas para ver as fábricas se nada foi feito nestes anos para que tenhamos hotéis, restaurantes e locais de diversão nocturna que os convidem a cá ficar? Ao longo dos últimos anos nada foi feito para que o turismo tivesse algum desenvolvimento e acreditamos que esta medida não irá surtir efeito. Com a ideia do turismo lançada, fomos ver de que modo estava a ser divulgada e, numa pesquisa no maior motor de busca, nada aparece; no portal da câmara não há qualquer referência directa para esta iniciativa; no site criado com a ideia, não há informações de como podermos visitar as empresas e quais os roteiros que podemos escolher e na terra nada existe a dar disso conhecimento. Ficamos com a sensação de que a ideia foi lançada, anunciada agora por fins meramente eleitoralistas mas que, na prática, não está em funcionamento. Ontem tentámos ligar para a câmara, para um dos contactos que está no site, para podermos aproveitar o Domingo e ir visitar uma das empresas que trabalha em regime continuo, mas ninguém atendeu! Não conseguimos compreender como é anunciada uma iniciativa e não são dadas informações suficientes para que possamos usufruir dela nem é criado um serviço de atendimento. Como irão os turistas que cá passem (que acreditamos serem apenas aqueles que andem perdidos porque de resto ninguém aqui vem para fazer turismo) saber que há “turismo industrial” se nada na terra dá a conhecer que isso existe? Mais uma vez a câmara está pouco próxima do que a realidade exige!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

15 Comentário em “Turismo pouco Industrial”

  1. Avatar

    Demoraram um ano e quando foi apresentado deram a informação de que o Site só iria estar pronto 48 horas depois, ou seja mais uma vez puseram a carroça à frente dos burros.

  2. Avatar

    O Curioso tem razão. Não há nada em lado nenhum que diga como podemos visitar as empresas. Se temos que contactar a câmara ou as próprias empresas. O site nada diz. Devemos ter que nos por a adivinhar.
    Eleitoralismo puro e simples.

  3. Avatar

    As notícias o ano passado falavam em rotas de turismo industrial. Que rotas? Só se for de colisão.

  4. Avatar

    Mais tiros nos pés!! Nada é feito em condições.
    São “burradas” atrás de “burradas”.
    Isto é obra!!

  5. Avatar

    Só gostava de saber onde é que o curioso viu que havia fábricas a abrirem as portas ao domingo. É que não encontro em lado nenhum.

    1. Avatar

      Caro anónimo. Tem toda a razão. Não vimos em lado algum informação alguma sobre quando, como, quem devemos contactar e a que horas há possibilidade de serem feitas as visitas.

    2. Avatar

      Curioso só perguntei porque disse que ia visitar uma empresa em regime de trabalho contínuo.

    3. Avatar

      Mas na página da internet do turismo industrial estão lá os dias em que recebem visitas.

    4. Avatar

      Caro anónimo. No site estão horários mas, contactadas as empresas, apenas duas deram resposta. Uma disponibilizou-se mas com agendamento prévio com indicação de datas para ver a disponibilidade. Outra, apenas disponível para visita de estudantes, apenas tem a porta aberta em Maio, contrariamente ao que consta no site. As restantes não deram resposta. Ficamos assim com o turismo industrial reduzido a nada.
      Fizemos uma pequena consulta e os dias destinados a visita são, consoante as empresas: 2 dias, 1 dia, 2 dias, só estudantes, 2 dias, 3 dias, 6 dias, só estudantes. Demorou um ano a ser acordado com as empresas abrirem as portas por, ao todo, 16 dias. Acreditamos que quem tratou deste assunto precise ir de férias!

  6. Avatar

    Que lindo par de jarras! Que lindos que estão, estão tal e qual como a figura que fazem diáriamente.

    Credo são só mentes iluminadas! O que eu gosto mais é das meias dele e dos calções.

Deixar uma resposta