Quem te manda a ti sapateiro…

CuriosoACM, Álvaro5 Comentários


Sexta quase pareceu que estávamos num desfile de candidatos. Apenas com a ausência do Santos, no jantar do ACM estavam lá todos. Por momentos quase ficámos na dúvida se era um jantar político ou de um clube desportivo! O Álvaro, o Aurélio, o Logrado, o Francisco, o Chanoca e o Vítor por lá andavam. O momento alto da noite foi o dos discursos. Mais uma vez se notou que há pessoas que não se devem meter a fazer o que não sabem. Quando o Álvaro acabou o discurso a primeira coisa que nos veio à mente foi a imagem do sapateiro a tocar rabecão! Num discurso que alguém lhe fez, o Álvaro leu-o, naquele seu modo desajeitado, sem que tivesse conseguido empolgar quem quer que fosse. Como é que, três anos e tal depois de ter ganho as eleições ainda não se desenrasca, fazendo sempre uma figura menos boa? Ao contrário, o Francisco mostrou ser um “animal politico” que, num discurso improvisado, conseguiu fazer o que dele se esperava. A diferença entre um e o outro é de tal modo notória que nem Robalo não foi capaz de disfarçar e, talvez também por isso, não poupou o Álvaro nem a câmara quando foi a sua vez. Não sabemos se terá sido por isso que o Álvaro, e o resto da linha dura do PS, saiu antes dos demais mas, uma coisa é certa, não ficou bem aquela saída! Já sabemos que o Álvaro não lida bem com as criticas e que não aprecia quando são ditas as verdades mas sair assim fica mal! Seja como for, deu para perceber que existe muito nervosismo no seio do PS e isso notou-se não apenas no mau discurso e forma de discursar do Álvaro. Se alguns que dizem que o ACM sempre foi um clube onde os “notáveis” e os vaidosos gostavam de se pavonear, na sexta notou-se que é também o local onde agora os políticos gostaram de se mostrar!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

5 Comentário em “Quem te manda a ti sapateiro…”

    1. Avatar

      Por acaso, não estive lá! Poir acaso é uma maneira simplista de dozer. Embora em tempos idos, tivesse integrado os quadros directivos do ACM e me tivesse batido por uma mudança estrutural, já nada me liga ao ACM,tendo, inclusivamente, pedido a minha exclusão de sócio. Ficamos entendidos!
      Adriano Paiva

  1. Avatar

    Comparar o Dr. Álvaro ao Sr. Francisco Duarte é como comparar a noite com o dia. O Sr. Francisco é um senhor na política enquanto o Dr. Álvaro caiu na política por acaso e para tentar ter protagonismo.

  2. Avatar

    Tipo Aurélio (se bem que este sabe dizer umas coisas bonitas e mais ou menos de improviso!!

Deixar uma resposta