Vitor

Apesar de muitos acharem que a escolha do Vítor poderá não ter sido a melhor opção e de alguns acharem que o seu perfil algo discreto poderá não ser o ideal para tentar ir tirar o lugar ao Álvaro, a semana passada cruzamo-nos com ele em vários locais a fazer aquilo que o PCP consegue ainda ter vantagem em relação aos outros, o contacto com a população. Tendo começado lentamente, o Vítor faz-nos lembrar a fábula da lebre e da tartaruga. Sem que tenha estado a fazer turismo industrial, andou pelo Santos Barosa, Cefamol, SOM, ASURPI e algumas outras empresas a espalhar charme e a tentar mostrar que está no terreno, pronto para o combate político. Foi aliás graças a isso que, por termos aproveitado para o acompanhar, ficámos a saber que há museus de vidro no seio de empresas que não entram no roteiro do turismo industrial! Ainda sem que tenham anunciado formalmente quem serão aqueles que o irão acompanhar, o partido pôs já a máquina em funcionamento e para breve espera-se o lançamento do que será uma das formas de fazerem chegar as ideias que têm a  cada um dos munícipes. Ainda sem que se saiba quando irá ser anunciado o candidato por parte do PSD e com o PS a atravessar algumas dificuldades internas, com um evidente mau-estar instalado, é ainda muito cedo para que se possa dizer quem vai na frente tanto mais que as candidaturas independentes poderão ainda transformar-se numa caixinha de surpresas. Seja como for, o Vítor deixou de estar no seu sossego e está na rua. Estranha-se que disso seja dado pouco conhecimento mas poderão estar a apostar na teoria de seguirem um caminho calmo mas firme, sem espalhafato. Veremos se esse será a melhor estratégia e se, no final, o Vítor irá confirmar a história da fábula.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 comentários

  1. Não é a incitação, que faz agir, mas sim um saber intrínseco sobre as realidades.
    “…o PCP consegue ainda ter vantagem em relação aos outros, o contacto com a população.” Aquele “ainda” parece-me pouco fundamentado neste post.
    Depois desta azáfama de lançar e amamentar candidaturas, só resta voltar à realidade e constatar, que os comunistas, por conhecerem de facto as situações no local, não só agem quando acham necessário fazê-lo, mas também não se deixam ir pela última moda, do caminho mais fácil de conquistar os corações.
    Espero que a CDU vá às eleições com um programa que dê resposta aos problemas mais prementes dos marinhenses, e que mobilize na sua campanha eleitoral os jovens e os menos jovens, que estão dispostos a fazer do Concelho da Marinha Grande uma região viva e mais alegre.

    • Caro Contacomigo. O “ainda” tem apenas a ver com o facto de acreditarmos que só os burros não aprendem e que os demais partidos possam começar a fazer o mesmo. Nada mais!

    • Mas qual programa ? Vai ver que no programa de 2013 vão aparecer vontades (não passa disso) que já estavam no programa da CDU em 2005. Ou seja o problema não é o programa é a execução.
      Concerteza vão escrever um rol de coisas para fazer, aliás como tem feito o PS, mas no final o resultado é o que se tem visto.
      Se caminhar mais para tras, e apenas como exemplo, vai ver nos programas eleitorais da CDU de 1997, 2001 e 2005 a contrução da piscina. E onde é que ela está? Não digam que foi apenas o PS que não a construiu, porque tiveram 4 anos e tambem nao a fizeram.
      Mas podemos ficar descansados que no programa eleitoral que o Contacomigo está à espera virá em letras garrafais: CONSTRUÇÃO DA PISCINA.

    • E o Parque de campismo da Praia da Vieira? …O sonho do Saúl. Esta terra está como está …também muito por culpa da CDU. Não julguem que a culpa é só dos outros. Então o último mandato com aquelas trapalhadas todas, foi de longe o melhor tendo o Artur do MIC como timoneiro. Esse que veio agora dizer (na RCM) que a culpa do Centro estar assim é dos outros (PS) e que tem vergonha de ver a Marinha assim tendo ele estado ligado 40 anos à politica local. Portanto também com responsabilidades na situação.

  2. Por favor não tentem enganar as pessoas.
    Nos últimos 20 anos quem esteve a governar a Marinha durante 16 anos foram os xuxalistas. A CDU esteve 4 anos na Câmara e herdou do Órfão uma Câmara com imensas dívidas e sem capacidade de endividamento.
    Então queriam que tudo fosse feito nos 4 anos da CDU, quando o PS não o fez em 16?
    E agora podem vir as donzelas ofendidas do PS reclamar debitando umas postas de pescada, porque a verdade é esta.

  3. pois, pois… à conta do calhau e do cabeça de lista, nem com esperança lá vão, tudo por falta de visão e não menos falta de abertura, não aceitaram um(a) independente como numero 1. mas… serve para outros lugares.
    O Dr. Alvaro bem lhes pode pagar um jantar.

  4. Eles comunas vão perder a oportunidade soberada de ganharem a câmara! O victor não e má pessoa e seria um bom número dois do Paulo Tojeira! Ainda se vão arrepender!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário