Um mãos largas

CuriosoCMMG, FAG13 Comentários


Logo não iremos estar na abertura da FAG. Sabemos que irão lá estar os políticos e todos aqueles que acham que são importantes e, como não nos enquadramos nessa categoria, vamos lá passar apenas amanhã. Quem logo lá estiver vai poder ouvir os discursos de circunstância e vai seguramente ouvir o Álvaro anunciar que a câmara vai contribuir com sete mil e quinhentos euros para o evento. Não nos parece que a câmara faça  mais do que era esperado! O que não conseguimos entender é a razão de terem deixado o anúncio da decisão apenas para o dia da abertura. Se a atribuição do subsidio ao evento não fosse feito com um objectivo eleitoralista tinha sido decidido há mais tempo e não apenas ontem. Muito menos iria ser usado hoje. Mas a política é assim! Vão-se tomando as medidas à medida das necessidades eleitorais e não tanto à medida das necessidades dos munícipes. Que necessidade tinha a câmara de deixar que a organização da FAG tivesse que andar a quase inventar verbas quando poderia ter-lhes dito, há mais tempo, que poderiam contar com um subsidio, inferior ao do ano passado, mas próximo? São estas coisas que não entendemos! Há quem chame a isto falta de planeamento! Mas, apesar de ficarmos com a sensação que a atribuição do subsidio é feita com o objectivo de obter alguns votos, é bom saber que a FAG vai ser ajudada. Pode até ser que o Álvaro, no seu discurso, não fale no apoio que a câmara vai dar e aí mostrar-nos-á que estávamos enganados e que o dinheiro não foi atribuído com fins eleitorais.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

13 Comentário em “Um mãos largas”

  1. Avatar

    Isto agora até ao dia das eleições vai ser um fartar de “solidarieadade” com as instituições. Vai ser só festas e inaugurações e, todos seremos tratados como tolos que se enganam como papas e bolos.

  2. Avatar

    Se não dá é criticado e chamado de mau, se dá é eleitoralista. Valha-me santa paciência.

    1. Avatar

      Caro Olharapus. Há momentos certos para determinadas coisas. Ser levado a reunião de câmara no dia anterior à inauguração pode até não ser eleitoralista, mas parece. Nada haveria a dizer se tivesse sido decidido há umas semanas atrás, quando tinha dado bastante jeito à organização. Mas, tal como referimos, pode até ser que o Álvaro não faça qualquer menção a isso no seu discurso de inauguração!

    2. Avatar

      Se a ajuda tivesse sido dada há mais tempo, o Macaco não tinha assunto para vir aqui destilar.

  3. Avatar

    Se forem os 7 mil que andam para ai a falar, dá para pouco mais do que pagar o serviço de limpeza das instalações.

    1. Avatar

      Então mas quem paga a luz, a água e a limpeza, não é a Câmara? Era interessante saber.

  4. Avatar

    Não acredito que os Macacos não vão à abertura da FAG? Será que não receberam convite? Ai que devem estar com a “pulga” na orelha para saber o que se está a passar lá a esta hora… à já sei..enviaram um “paparazzi” para amanhã darem a conhecer no largo o que lá se passou..

  5. Avatar

    A CMMG já tratou de publicar algumas fotos na sua página do Facebook. A máquina está a trabalhar bem …com ajudas!

  6. Avatar

    Caro anónimo das 15.53 h,a limpeaza durante o Certame é feita pela Junta de Freguesia e pelos voluntários da Coletividade, a Câmara apenas limpou o Pavilhão antes da montagem.
    Nos ultimoa anos a limpeza era feita por uma empresa e suportada pela Organização. Água e luz são suportados pela Autarquia. Mesmo assim nos ultimos anos não tem sido possivel ganhar dinehiro, pelo contrário.

Deixar uma resposta