“Artesões” na resinagem

CuriosoAsneiras, Resinagem2 Comentários


Estivemos a ouvir melhor a entrevista que o Álvaro deu a semana passada. Já se sabe que ele não propriamente eloquente e que as vezes que se engasga são mais que muitas. Ficámos, no entanto, a saber que na antiga resinagem irá haver um espaço dedicado ao vidro. Ficámos surpreendidos quando o Álvaro, num momento de inspiração, diz que aquele espaço irá ser utilizado pelos “nossos artesões“. Depois de o ouvirmos ainda fomos buscar o dicionário para ver se “artesões“era o resultado do novo acordo ortográfico mas não. Foi mesmo asneira. Mas, “artesões” à parte, não conseguimos entender qual a razão de se ir colocar num espaço como o que se está a construir “artesões” a trabalhar o vidro quando a meia dúzia de metros está o Museu do Vidro! Dá a sensação que para aquele espaço estão a ser canalizadas todas as energias e esperanças de que alguma coisa vá mudar no centro da terra, deixando de lado o que já existia e deveria ser cuidado e aproveitado. Claro que, numa altura em que o comércio local está de rastos, como se sabe, pode também ser que o executivo camarário ande desesperado a tentar encontrar forma de dar ocupação àquele espaço e tenham, para isso, que recorrer a outras formas de ocupação, mais próprias de outros locais.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 Comentário em ““Artesões” na resinagem”

  1. Avatar

    Se ele não fosse o Presidente da nossa Câmara eu morreria a rir, mas como é, tenho de corar de vergonha.
    Mas mais envergonhado fico quando ele diz quaisqueres.

  2. Avatar

    “Artesões” e “quaisqueres”. Quem assim fala deve achar a língua portuguesa uma “chatice”. Assim, é melhor ter alguém que lhe escreva os textos para que os possa ler, (se é que ele sabe ler) para evitar abrir a boca e dizer asneiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address