UDL

Como era previsível, o assunto da cedência do estádio ao UDL está terminado e deu buraco. Ao longo dos meses fomos estando atentos ao desenrolar dos acontecimento e fomos vendo o Álvaro a ser arrastado para o buraco. Não pode, no entanto, alguma vez afirmar que foi por falta de aviso que caiu nele! Temos hoje a confirmação do que há muito se previa e, apesar da câmara ter andado com tentativas de encontrar uma solução para limpar a imagem com que o presidente da câmara ficou neste assunto, nada conseguiu. O UDL deu um baile ao Álvaro que ficou assim com o assunto do relvado colocado, por pagar, por resolver; ficou com dois relvados que nunca irão ser colocados; ficou com contas que teima em não apresentar de forma correcta e transparente e ficou com um negócio que, por culpa sua, não tem um fim bom. Fica-se por saber quanto custou esta vaidade de trazer para cá uma equipa da primeira liga mas fica-se com a certeza que, do mesmo modo como o Álvaro se apressou a fazer uma conferência de imprensa a anunciar o negócio, antes mesmo de o comunicar à câmara, tinha-lhe ficado bem fazer uma outra conferência para assumir o erro que foi fazer um negócio que teve o fim triste que este teve. 


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 comentários

    • Se o anónimo conhece os números do negócio com o UDL, faça o favor de demonstrar a parvoíce.

      Caso contrário, é mais parvo que o anónimo anterior.

  1. Parvos (e chapéus) há muitos.

    Anónimos a falarem em coisas concretas é que há poucos.

    E vêm para aqui chamar os outros de parvos.

    Tá bem, tá. Tire o espelho da frente antes de chamar nomes aos outros.

  2. Caros anónimos. Sabemos que a melhor forma de não falar em coisas sérias é começar a escrever bacoradas de modo a distrair as atenções, no entanto pensamos que o assunto é sério demais para que possamos ser todos “parvos” ao ponto de não falar do que realmente importa. Enquanto vão atribuindo galhardetes, há quem possa estar a fazer-vos passar pelo que aqui se apelidam!

  3. Santa ignorância. Mas qual buraco? Os custos para a cmmg foram insignificantes em relação aos anos anteriores. Com a mais valia que a Marinha Grande ficou com um relvado sintetico novo onde centenas jogam. Quanto aos outros 2 relvados não foram feitos porque a UDL não joga cá estes 2 épocas. A divida do relvado é da SAD do UDL e não da CMMG. A CMMG não deve nada em relação ao relvado. Informam-se, até a oposição se calou, ela bem tentou criar um caso onde não existe caso.

    • Caro Olharapus. Sabe quais foram os reais custos? Se sabe, sabe mais que os próprios vereadores da oposição. Tanto quanto sabemos, as contas ainda não foram totalmente apresentadas.
      Já sabe qual o resultado da rescisão que foi feita pelo UDL e quais as consequências que daí advirão?
      Quanto ao relvado não ser da responsabilidade da câmara, uma câmara que seja de pessoas de bem não compactuaria com o acto de estar uma empresa penalizada porque o relvado está por pagar a menos que concorde que a câmara deve fechar os olhos sabendo que o que levou à colocação do relvado foi o protocolo que a câmara assinou!
      Tanto quanto sabemos, a oposição não se calou. Está ainda à espera de informações que teimam em não aparecer.

  4. O olharapus é mentiroso, olá se é.
    A oposição calou-se ? Tem de saber o que se passou na última reunião de Câmara.
    Quanto ao sintético do ACM, agora ficamos a saber que é bom usufruir de algo que não está pago, à boa maneira Socratiana. Tudo sem princípios e sem honra, não é Olharapus ? Vale tudo, não é ? Mesmo que o sintético não esteja devidamente homologado e com o ACM, sempre com a corda na garganta, eles que não têm culpa nenhuma da embrulhada em que foram metidos.

    • Sem honra?? então quem esta a falhar com o protocolo? é a UDL, não é a cmmg. Quando foi assinado o protocolo partia-se do principio que a UDL ia cumprir com os pagamentos. E a oposição, neste caso o PCP, querem à força toda arranjar um caso onde não à caso nenhum. Todos cumpriram o acordo excepto o UDL que ainda vai ter de pagar. Aquele relvado é uma mais valia para o concelho, e que teve custos muitos reduzidos. Só não vê quem não quer.

  5. Desculpe lá Olharapus, só o presidente e o executivo da marinha grande acreditaram na UDL. De Leiria vieram muitos avisos que aquela gente da UDL nao era gente de bem na medida em que tanta porcaria fizeram por lá. É o presidente e o executivo da marinha grande que tem a culpa sim senhor, pois mais uma vez quiseram ser mais espertos que os espertos e deu no que deu. Agora limpem-se a esse guardanapo, mais um.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário