Feira de velharias

CuriosoMoher, PCP, S. Pedro15 Comentários


Este fim de semana têm inicio uns festejos em S. Pedro, organizado pela Moher. Pelo que tivemos conhecimento, irá ser tentada a venda de artesanato e de algumas antiguidades. É o momento certo para que alguns possam despachar-se dos monos e do que têm em mais em casa. Isto fez-nos lembrar o que tem estado a acontecer no PCP. A gestão que tem estado a ser posta em prática poderia levar a que muitos começassem a pensar na possibilidade de ali colocarem em venda alguns dos monos que têm e que, pelo que conseguimos saber, estão a ocupar espaço de alguns que, com ideias novas, poderiam aparecer. Sabemos que a relação que existe entre o PCP e o Tojeira não é a melhor mas estamos convencidos que ele não se importará que ali possa ser colocada uma banca de venda das velharias que o PCP tem e que estão a ocupar algum do espaço que poderia ser dado a quem possa ter uma maior dinâmica e visão. Este tipo de eventos tem vantagens para a dinâmica da terra e poderia permitir que alguns dos horizontes fossem alargados, ficando assim todos a ganhar. O que poderia acontecer era que ninguém quisesse comprar algumas das velharias mas estamos convencidos que algumas poderiam ser mesmo oferecidas ou mesmo pagarem para que alguém ficasse com elas! 


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

15 Comentário em “Feira de velharias”

  1. Avatar

    Caro Macaco Curioso: é de muito mau gosto misturar o PCP e o Tojeira com isto tudo. As relações do Tojeira com o PCP são as que um militante normal tem com o seu partido. O Tojeira não vende nem trai os seus camaradas! Nem trai o seu partido. Nem se vende! Nem vira a casaca! O Tojeira respeita democraticamente as opiniões dos outros, mas está-se marimbando para os anónimos que aqui postam e vomitam veneno.

    1. Avatar

      Caro Paulo. O nome aparece aqui apenas porque sabemos que é quem está a organizar o evento (que aliás demos destaque na secção de anúncios).
      Das relações, sabemos apenas o que é transmitido.

  2. Avatar

    Como diz alguém que conheço: “Na Marinha há reserva ecológica, reserva agrícola e reserva de comunistas”. Não acabem com todos pois podem vir a constituir um fonte de turismo !!!

  3. Avatar

    traição é um termo demasiado complexo, mas também ninguém referiu que o Paulo traía ou vendia os seus camaradas… contudo todos sabemos a sua relação com o seu próprio partido e com alguns membros do mesmo. O que não é mentira nem antagónico ao que foi aqui referido. a verdade a transmitir aqui é o facto de muitas pessoas que já não contribuem para o desenvolvimento do nosso município deveriam dedicar-se à pesca. E ainda mais acrescento que existem pessoas igualmente competentes para a ocupação de alguns lugares de relevância, e que podem contribuir exponencialmente para o desenvolvimento da MG. Atrevo-me a ir mais longe, e arrisco-me a dizer que independentemente de partidos político esta região tem muitas pessoas que podem promover esse mesmo desenvolvimento…

    1. Avatar

      E o Paulo Tojeira é um deles! Para nao haver duvidas: critica positiva, para lhe não chamar elogiosa.

  4. Avatar

    Já agora, uma sugestão: no caso das velharias e dos monos não se venderem, talvez possam ser levados para a reciclagem…

  5. Avatar

    Independentemente de cada cabeça sua sentença e de cada um ter direito à sua opinião, esta ideia que está sendo vendida que pessoas com menos de 60 anos são velhos é de bradar aos céus.
    Caros anónimos…há velhos que são jovens e jovens que são velhos.
    Há aqui muitos preconceituosos que apesar de serem jovens…são velhos de mentalidade e por isso mesmo, por serem preconceituosos.
    Essa da idade ser sinónimo de incompetência ou de não ter ideias, só na mente de certos iluminados.
    PS – Sabiam que o Curioso tem 75 anos ? E nem por isso deixa de ter algumas ideias.

    1. Avatar

      E o Fragata, onde está só cria problemas, conheço-o desde o tempo da Renault, que fazia que trabalhava, era só agitação, quando foi para a política foi um alivio…

    2. Avatar

      Pois é bem verdade, está na moda, pessoas com certa idade, serem preteridas por jovens, acontece que eu trabalhei até aos 72 anos, (já reformado) e fui forçado a bater com a porta, porque queriam que eu trabalha-se até morrer, tinha colegas com mais de 40 e 50 e tal anos, e eram os melhores funcionários da Empresa, fizeram-lhes a vida negra, os ditos “jovens”, mas tramaram-se porque esses trabalhadores de 40/ 50 e tal anos prepararam a sua saída, foram indemnizados, outros despediram-se por justa causa e ganharam em Tribunal.
      Não estou contra os jovens e há-os muito bons, mas jovens e menos jovens, todos temos direito ao trabalho até á idade da reforma.
      Fiquei curioso em saber, que o Curioso tem 75 anos. Então é o pai e o filho que comanda isto?

    3. Avatar

      Interessante. Há também uma terceira categoria, aqueles que não querem perder o fio à meada e apostam na juventude eterna da sua pessoa – não notam que o futuro está ligado por inerência aos jovens que tomam partido

  6. Avatar

    Caro ultimo anónimo:
    O Zé Luís eu conheço, com os seus defeitos e as suas qualidades. A si não conheço e por isso não tenho opinião.
    No entanto, olhe-se ao espelho e não seja tão narcisista.
    Mas, opiniões são opiniões e a sua é tão válida quanto as outras.
    Sabe, sou um livre pensador…apesar de já não ser jovem.

  7. Avatar

    Sugestão: Caros anónimos,como estão a aparecer aqui vários comentadores anónimos e sendo pessoas diferentes, queria sugerir a possibilidade de utilizarem: anónimo I, II, III, etc,ou um qualquer pseudónimo. Penso que assim se tornaria menos confuso a associação de comentários, devido à enorme proliferação de “anónimos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address