PSPSDSantos

Os dias passam e a indefinição mantém-se, como que se fosse algo planeado. Não sabemos se é mas sabemos que existem pressões no sentido de forçar uma tomada de posição. Mesmo alguns que se acham capazes de poder fazer parte da concelhia do PSD colocam como condição a aceitação do Santos. O que deveria ser o desenvolvimento normal, está a tornar-se num tabu que, apesar de tudo e se for bem gerido, poderá trazer algumas vantagens. Apesar dos efeitos negativos que a governação do Passos pode causar em candidaturas que possam sair daquele partido, o Santos poderá sair não como alguém de quem não se goste mas como uma alternativa. Para muitos, acreditamos que este desconhecimento do que irá ser decidido está a tornar-se assustador. Há muitos anos dizia-se que os comunistas comiam as crianças, quais ogres famintos. Hoje o Santos, com este suspense que está a por à sua volta, poderá estar a preparar-se para comer, não crianças, mas votos. Vamos ver!  Acreditamos, no entanto, que alguns que querem candidatar-se à concelhia (que andam aos pulos para que alguém lhes diga que sim), que colocam a sua candidatura como condição, poderão fazer com que alguma da vontade que poderá existir de se candidatar desapareça. O Santos está assim cada vez mais encurralado para decidir.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

9 comentários

  1. Mas porquê tanta pressa do Curioso?
    Há algum problema que não se saiba e que obrigue a haver já decisões sobre candidaturas?

    Ainda falta tanto tempo para as eleições.
    Dá para desconfiar …

  2. @Hum … Caro Hum… Não existe pressa da nossa parte. Apenas gostamos das coisas definidas. Estamos a um ano das eleições e achamos que é importante que possamos saber com o que contar. Poderá desconfiar mas não existe razão para isso.

  3. Com tantos presidenciáveis, o Macaco ainda acaba por acertar em algum. Substitui bem a Bruxinha do JMG (será só coincidência, ou o Tó Zé despachou-a para que o blog tenha mais audiência). Já agora e como já li o Jornal fiquei a saber que o Ex-presidente dos reformados está sem funções. Não seria de o incluir na já longa lista soprada aqui?

  4. @Anónimo Caro anónimo. Não fazemos futurologia nem somos adivinhos, embora desse jeito. Não fizemos mais do que dar a nossa opinião em relação a alguns nomes. Não estamos preocupados com audiência porque aqui só vem quem quer. Do mesmo modo, não estamos preocupados em fazer listas ou acertar em nomes. Estamos sim preocupados com o futuro da terra. Pena que nem todos assim pensem.

  5. O futuro desta terra não se constrói com o destilar de ódios viscerais e processos prossecutórios, alimentando mesquinhos ódios de estimação. Muito menos com a insinuação permanente roçando a calunia sobre cidadãos desta terra que têm dado provas de honestidade e que não andam escondidos cobardemente por trás de instrumentos informáticos.

  6. @Anónimo Caro anónimo. Não temos qualquer ódio nem sentimentos persecutórios. Lamentamos que se tenha sentido ofendido com alguma coisa escrita ou se achou que a carapuça lhe serviu. Em relação às provas dadas de honestidade, ninguém que o é necessita de o afirmar. Não entendemos quem possa sentir-se ofendido!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário