Os ausentes (sem deixar saudade)

CuriosoGoverno, Idiotas, SoaresDeixe um comentário


Comemora-se hoje o dia da liberdade. Para muitos já pouco significa. Para outros parece não significar nada. Há muito que certos personagens deviam já ter desaparecido de cena. Aqueles que teimam em se manter, deviam comportar-se e agir sem as rabugices próprias da senilidade. Podemos estar com menos direitos; o governo pode estar a comportar-se como não devia; podemos estar a pôr em causa conquistas de há 38 anos. Tudo isto não deixa de ser verdade. Mas tudo o que agora está a acontecer é o resultado das políticas que foram tomadas ao longo destes 38 anos. Nem o Soares nem o Alegre têm moral para dizerem o que quer que seja. Até hoje os governos foram laranja ou rosa e nenhum dos que veste essas cores pode isentar-se de responsabilidade no estado a que o país chegou. Em vez de recusarem estar presentes nas comemorações do dia que lhe permitiu viver estes 38 anos à custa do Estado, poderiam assumir a sua quota parte de culpa no estado em que está o país e pedir desculpa. Ficava-lhes bem e nós apreciávamos. Assim, não vão estar nas comemorações, mas também nenhuma falta lá fazem. As associações cívicas que não irão estar estão no seu direito e, em relação a elas, não as podemos criticar.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address