ÁlvaroCidáliaCMMGLeiriaUDL

Numa longa entrevista ao Jornal de Leiria, o Álvaro fala do que tem sido o seu papel na câmara e como anseia poder continuar a ser presidente. De tudo o que lemos há três coisas que não podemos deixar de dar relevo. Estranhamente, refere que voltaria a repetir o negócio com o União e acha que todos estão a ganhar com isso. Pensávamos que o tempo o tinha feito mudar de opinião e ver o que todos vêem, mas não! Mas entendemos que não será fácil dar o braço a torcer. Refere também na entrevista que a câmara tem feito muito e que não haverá qualquer problema com a Cidália. Tirando as obras na zona mais antiga e cuja utilidade está por se ver, não conseguimos encontrar assim tanta obra e em relação à Cidália, aí estamos conversados! Mas de tudo o que mais achámos interessante foi o facto de afirmar que o que o motiva é o “espírito de missão“. Ter um presidente de câmara que se candidata e actua por sentimento de missão não é para todos! Estará na moda os Álvaros dizerem isso? É que já ouvimos o Álvaro Santos Pereira dizer o mesmo do secretário de estado que se demitiu! Deverá ser esse espírito de missão que o leva a não querer largar o lugar e não ver que a terra que ele deveria gerir não está tão bem como ele diz; que o leva a não ver que não será com duas obras na zona mais velha que vai conseguir revitalizar tudo o que ao redor morreu; que o leva a não entender que se durante três anos nada se viu e não será no último ano que tudo se vai concretizar. A missão que deveria ter, já que o espírito diz ter, era procurar encontrar saídas para o que de mal acontece na terra e não aceitar de forma pacífica que o Shopping de Leiria é a justificação para o que na terra morreu! Esperemos que, como diz, conclua as obras que prometeu fazer e, já que está decidida a construção do mercado nos antigos estaleiros, que inicie as obras! E, já agora, quais são os projectos que diz que tem?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário