“Estou-me a marimbar”

Categoria CMMG, Governo, PS, Soares, Sócrates by Curioso2 Comentários


Apesar de ter já “corrigido” o que disse, as afirmações vêm na mesma linha de pensamento do de Sócrates. Não pagar! Lançou a bomba e tentou depois remediar! Típico! É espantoso que estes senhores do PS, não contentes com o estrago que fizeram no país nos anos que governaram; depois de terem negociado um acordo que serve para pagar os erros por si cometidos; que sejamos nós agora obrigados a pagar as suas asneiras, tenham a pouca vergonha de apregoar que não se cumpra! Não foi assim que fomos ensinados pelos nossos pais. Não admira que tenham colocado o país no estado em que ficou e que nada de bom se augure. O rasto de destruição que é deixado por estes iluminados (há quem chame de idiotas), que agora se fazem de fortes e fazem peito à Europa, é sempre o mesmo e sempre grande. Como se não bastasse termos tido que gramar com o Sócrates, que não faltará muito para o vermos novamente na política, ainda temos que os ouvir dizer atoardas deste tipo. E pensar que poderão ser pessoas destas que a seguir vão estar no governo! Não admira que sigam uma política do despesismo, do compadrio, do “boyismo” e sem pensar nos gastos… afinal, não é para pagar! Esta é a forma como pensam! E já agora… a câmara aqui também pertence à mesma cor política. Será por isso que no inicio do mandato havia dinheiro em depósitos a prazo e agora há empréstimos a serem pedidos?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    “a câmara aqui também pertence à mesma cor política. Será por isso que no inicio do mandato havia dinheiro em depósitos a prazo e agora há empréstimos a serem pedidos?”

    Ao que parece havia dinheiro a prazo, porque havia dividas aos fornecedores, como o PS resolveu pagar a quem a câmara devia, agora já não há depósitos a prazo.

    Fácil ter depósitos com o dinheiro dos outros!!!

  2. Avatar

    Se o dinheiro dos depósitos a prazo eram, como diz o anónimo 1, para pagar a fornecedores, qual a necessidade de terem-se vindo vangloriar com a noticia de terem o dinheiro, como se fosse mérito seu? Convinha não é?

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address