Design… da ponte da Vieira

CuriosoÁlvaro, Empecilhos, Vieira1 Comentário


Para quem não saiba, um objecto assim não é uma aberração sem qualquer utilidade, é design! Não importa que nunca vá ser usado ou que se tenham gasto milhares até ali chegar, é design! É disto que se vê na conferência “internacional” que decorre aqui na terra. Pensando nisso, fomos tentar encontrar o que lá fora se escreveu sobre esta “tão importante” conferência. Nada! Não se escreveu nada! Os jornais estrangeiros esqueceram-se que a conferência era internacional, e não uma mostra de vaidades, e nada escreveram! São mesmo tolos estes jornalistas estrangeiros! Claro que no final se vai escrever que a conferência foi um grande sucesso! São ainda capazes de dizer que só se fala na conferência nas esquinas desta terra deserta! Mas será que os jornalistas vieram pelo norte e chegaram à ponte da Vieira e não conseguiram passar? Sim, porque é mais importante gastar recursos em conferências que apenas trazem vantagens para alguns do que resolver aquela passagem importante para a terra e manutenção do turismo. Mas também está certo! O tempo que o Álvaro está a falar na conferência não lhe permite ter tempo para resolver assuntos mais importantes. Pode também ser que o deputado lá da Vieira esteja ele a resolver o assunto, com as suas muitas influências, e aí podemos estar todos descansados que o assunto é mesmo resolvido… no mesmo dia que as galinhas nascerem com dentes!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Um comentário em “Design… da ponte da Vieira”

  1. Avatar

    A ponte das tercenas em conjunto com as arribas de São Pedro de Moel foram duas dores de cabeça para o Álvaro este Verão. Agora que o calor se foi ele pode, tal como prometido, seguir com o despacho do secretário de estado de ordenamento do território. Mas atenção porque se a ponte não for construída no prazo estipulado lá se vão os fundos comunitários para a construção da ponte! Se tivermos em conta que estão a decorrer as obras de requalificação das margens do rio Lis não parece uma boa altura para que as verbas se sumam…
    Fazer um parque para caravanas, estacionamentos, passeios etc e não se conseguir passar de um lado para o outro do rio facilmente não deveria estar nos planos aquando da realização do projecto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address