Tolerância de ponto

Categoria Governo, PS, Soares, Sócrates by Curioso3 Comentários


Dizem os entendidos em economia que um país apenas pode produzir riqueza quando trabalha. Um país que não trabalha não enriquece nem paga dívidas. Estão por cá os técnicos internacionais a ver até que ponto e de que modo o país vai ser ajudado e se merece ser ajudado. Sabemos que estamos em período de pré-campanha eleitoral e que os votos contam mas é importante não esquecer que os técnicos estão cá a ver as asneiras que foram feitas ao longo dos anos. Não se compreende, por isso, como o Sócrates, candidato a primeiro-ministro, opta por conceder tolerância de ponto sabendo que isso significa perda de produção, já para não falar na imagem que dá. E não se ouvem criticas da oposição! Será por isso que o PS aparece à frente nas sondagens. Temos mesmo o que merecemos! Não conhecemos a realidade dos outros países mas acreditamos que serão poucos os que concedem tolerância de ponto, ainda mais no estado em que o país se encontra. Esta é a demonstração do que é o desgoverno deste país e a ânsia de ganhar eleições em que é posto em segundo plano o interesse nacional. Por isso, aproveitem bem a tolerância de ponto sabendo que a tarde que tiram é mais uma cavadela no buraco que é o país. Obrigado ó Sócrates!

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    Mas alguém se importa com o estado do país? São funcionários públicos e estão-se nas tintas para o que esta a acontecer. Querem é não fazer nenhum.

  2. Avatar

    Sabem quantos países com governo socialista restam agora em toda a União Europeia?

    Depois das recentes eleições na Hungría e no Reino Unido

    só ficaram 3 países:

    Grecia, Portugal e Espanha que coincidência!

  3. Avatar

    A representante portuguesa no FMI veio dizer exactamente o mesmo. O Sócrates não tem mesmo noção do que anda a fazer. Noventa e tal milhões de custo para o país por ter dado tolerância. Eis uma bela medida para quem está a pedir ajuda aos outros.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address