Educação? Sério?!

Categoria Escola by Curioso4 Comentários


Tivemos agora informação que está em curso a implementação de um programa, pelo Ministério da Educação, que tem como objectivo último a passagem dos alunos até ao 12º ano sem grande dificuldade. O “Programa Educação 2015” parece ser uma forma pomposa de ajudar os nossos alunos a não reprovarem mais do que a dar-lhes conhecimentos. Como dizem os economistas mais críticos, o problema do país centra-se na ausência de uma politica educativa que dê aos nossos alunos uma base de conhecimentos que lhes permita assegurar um rumo ao país. A par dos programas criados nos últimos anos que permitiram dar equivalência ao 12º a quem não frequentou aulas como há uns anos nós fazíamos (os famosos RVCC); da proliferação de cursos ditos superiores; da cada vez menor qualidade dos docentes de algumas “universidades”; da quase passagem administrativa dos alunos, vem agora mais este programa. Os pais que se vêm agora confrontados com a possibilidade de escolha entre deixar o filho/a no mesmo ano ou deixá-lo progredir e “depois logo se vê” parece que irão ter mais uma oportunidade. A ver vamos! Uma coisa é certa, a educação está mal e vai piorar. Quando há uns anos criticávamos o Brasil por ser um país onde todos eram tratados por DR, aqui estamos a chegar à mesma fase. O que era um significado de atraso, é hoje o estado actual das coisas neste país.
E ainda queremos que o país progrida!

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    Do mesmo modo como tínhamos a zona franca da Madeira, agora criámos uma zona franca de diplomas. Uma vergonha.

  2. Avatar

    Isto é uma pouca vergonha!!! É só doutores e engenheiros!!! Volta Salazar!!!

  3. Avatar

    Tens toda a razão Logradouro. Este país vai de mal a pior e a educação é só um desses sinais. Tens toda a razão.

  4. Avatar

    Assim que li o post lembrei me que o nosso primeiro ministro é o fulano de “cognome”engenheiro cujo diploma passado ao domingo. Foi quase uma sensação de déja vu. É lamentável que quem cria projectos educacionais se esqueça que um país de ignorantes não pode ir muito longe,a tendência é efectivamente afundar.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address