Banco dos réus

CuriosoBarros, Jornal3 Comentários


Demos uma vista de olhos pelo jornal da terra. Então não é que nos deparámos com a noticia de que o João Barros está no banco dos réus e que o director está como vitima! Durante o mandato do João Barros ele foi atacado semanalmente e agora ainda é julgado. Não deixa de ser algo irónico que um autarca que tanto fez pela terra e tanto foi criticado veja-se agora a ser julgado. Ainda por cima por difamação de quem tanto sobre si escreveu. Ele há coisas difíceis de entender.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 Comentário em “Banco dos réus”

  1. Avatar

    Meus queridos,

    Esta gente demonstra uma grande falta de respeito e de educação. Estes assuntos que em nada dignificam quem neles está envolvido, estão ainda a ocupar os tribunais.

    Será que não têm mesmo vergonha na cara?

  2. Avatar

    Colocar um órgão de Comunicação Social, jornal ou rádio, debaixo do controlo de uma pessoa com elevado déficite de carácter, pode levar a reacções pouco reflectidas, que ultrapassam os limites aceitáveis, quando se tenta reagir a campanhas assassinas conduzidas ao abrigo do grande chapéu chamado “liberdade de expressão”.
    João Barros é conhecido e reconhecido como uma pessoa séria, mas igualmente se lhe reconhece um mau feitio e “fígados” do mesmo tipo, que o tornam um reactivo descontrolado.
    Se o Director do Jornal da Marinha tivesse um pingo de dignidade, retiraria a queixa, porque em termos de ofensa e injúria que veicula no Jornal, contra quem não gosta, leva a palma a JBD ou a quaquer outro.
    Se, neste limbo legal, houvesse justiça, teríamos muitos directores de orgãos de comunicação no Banco dos Réus, por veicularem boatos e fabricarem notícias que destroem a imagem de muitos, mas quando levados à barra dos tribunais, são absolvidos em nome da “liberdade de Imprensa”, o que lhes permite, impunemente, assumirem o papel do mais selvagem dos predadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address