Sem pedestal

Se gerir fosse uma coisa fácil, não haveria empresas em dificuldades ou empresas que tivessem que encerrar portas. É uma tarefa que não está ao alcance de qualquer um. Se nas empresas se escolhem os melhores para fazer a gestão, na função pública e na política não é assim. Lamentavelmente aquilo a que se assiste…

Veja mais

Sem informação

Desde sempre que o saldo de caixa tem feito alguma confusão. Tanto dinheiro parado e tão pouco a ser feito. O valor que está em caixa, as disponibilidades de tesouraria, têm sido sempre dadas a conhecer aos munícipes. Ontem a Cidália fez questão de não dizer quanto está disponível, remetendo-se a um dar a conhecer…

Veja mais

Descargas a céu aberto

Podia ser feito às escondias, mas não é. É tudo às claras e com o conhecimento de todos. Este é o estado da água quando, depois de passar pela estação de tratamento. Com a subida da maré, as descargas começam, a menos de meia dúzia de quilómetros do mar. Todas as câmaras têm conhecimento do…

Veja mais

Manutenção

Andar pela cidade permite que se tenha uma noção mais precisa do que se passa e do estado de manutenção que estão alguns espaços públicos que são da responsabilidade da câmara. O que se vê é são sinais claros de abandono. As ervas daninhas proliferam e quem vê fica com a noção exacta da atenção…

Veja mais

13 de Agosto

Hoje é, para os crentes, mais um dia de peregrinação a Fátima. Nada temos a ver com aquilo em que cada um acredita, mas cremos que hoje terá sido dia para que os vereadores com pelouro terão passado a manhã a pedir um milagre que lhes salve do que tem sido a sua gestão autárquica.…

Veja mais

Mortos à nascença

Desde que começaram as campanhas populares de reflorestamento do Pinhal do Rei, “como gostamos de chamar”, que havia dúvidas sobre a forma como tudo estava a ser feito. Sem planificação e feito muito à medida da visibilidade que quem organizava queria ter, desde o início que ficámos com dúvidas quanto à possibilidade de sobrevivência daqueles…

Veja mais

Águas

No portal da CMMG, pode ver-se uma informação (para aceder clique em COMUNICAR>NOTICIAS>ÁGUAS BALNEARES… ou aqui), que … As águas balneares da Praia da Vieira não apresentam qualquer anomalia, estando assegurada a qualidade das mesmas. Pode consultar os resultados das águas balneares desta praia no seguinte endereço (clicar aqui). Ora o que se pode ver…

Veja mais

É triste…

  TRISTEZA… Ao lermos a imprensa escrita da região desta semana, é com muita tristeza que lemos que só pelas piores razões se fala da  Marinha Grande! É triste… muito triste! Um desses jornais dedica mesmo todo EDITORIAL, à poluição da FOZ DO LIS. Chega ao ponto de acusar a Edil da Marinha Grande, com…

Veja mais

Parente pobre?

A câmara deu a conhecer que “não existem problemas com as águas balneares em São Pedro de Moel, cujos resultados das amostras analisadas se encontram dentro dos parâmetros normais legalmente previstos”. Diz que vai fazer aquilo que há muito deveria estar a fazer. À partida não haverá problema para quem está a banhos em S.…

Veja mais

AS ANÁLISES

AS ANÁLISES… Quando se fala na poluição do Rio Liz, logo nos vem à cabeça os suinicultores e os despejo das fossas (ou tanques de retenção), para o rio. Não duvidamos disso, até porque é visível na Ribeira dos Milagres. Mas, alguém me explica como é que os resultados das análises (Escherichia Coli), aumentam mais…

Veja mais

Está explicado

Muitos conhecerão esta praia. Não é aqui do concelho, mas fica a cerca de 19 quilómetros (em linha recta) da foz do rio Lis e a 5 da ribeira de S. Pedro. É já uma distância razoável e permite que haja menos probabilidade de que as águas ali estejam contaminadas. Está, por isso, explicado o…

Veja mais

Sem água

Não há incêndios, mas os bombeiros da Vieira não têm parança. Três vezes ao dia estão a abastecer o depósito (estação de tratamento e elevação). Claro que pode ser que para o ano os BVVL possam vir a ter um apoio extraordinário maior por andarem a fazer uma função que é da câmara já que…

Veja mais

Que irresponsável!!!

Hoje pode ler-se a Cidália a atirar as culpas do facto de ter sido dada conhecimento público da situação das águas ao MpM. Afirmou que “A Câmara lamenta que o MpM tenha irresponsavelmente cria do uma situação de alarmismo público, criando falsos medos na população sobre a qualidade das águas balneares, quando o que está em causa é a água no…

Veja mais