Recommended Post Slide Out For Blogger

terça-feira, 14 de Maio de 2013

Os três... para a câmara

Ainda só com alguns cabeça de lista indicados, o Aurélio começa a ser visto com alguns munícipes que até agora não eram conhecidos na política local. Se quando começamos a ver o aparecimento do Aurélio acreditámos que um dos nomes que iria aparecer de forma mais activa era a Paula, com o passar dos dias  tem sido o Artur quem tem sido visto sempre junto com o Aurélio. Até agora sempre o ligamos ao PS e, apesar de não ter tido intervenção politica visível, não era dos que imaginámos estar a posicionar-se para poder acompanhar o Aurélio nesta tarefa de conseguir conquistar a câmara. Ainda sem que se saiba ao certo o que o levou a virar as costas ao PS, acreditamos que possa ter a ver com o facto de, à semelhança de muitos, se sentir enganado com o que foi prometido e até agora está por cumprir. Uma das outras caras que tem aparecido é alguém que, talvez por estar para os lados de Ourém, não seja uma das caras mais conhecidas aqui na terra. É, no entanto, alguém que estando ligada a uma câmara poderá ser quem o Aurélio esteja a apostar para ser a número dois da sua lista. A Ana tem acompanhado o Aurélio em alguns dos sítios em que ele tem aparecido, assumindo uma postura própria de quem não está ali apenas por estar. Apesar de não se saber quais são os nomes que oficialmente serão indicados como o número dois e três da lista, acreditamos que o Artur, prestes a terminar a sua função onde tem estado, e a Ana, ainda ligada à câmara de Ourém, poderão ser as caras que o Aurélio irá indicar para irem consigo e tentarem, em conjunto, destronar o Álvaro

61 maledicência(s):

  1. Quem é a Ana ? O que fez por esta terra?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mais um elemento recrutado pelo Aurélio e do Jorge Santos na localidade da Amieira e no cadastro julgo que tem apenas o registo de trabalhar na Câmara de Ourém na área social.

      Eliminar
    2. Ou mais um favorzinho que o Aurelio tem que pagar por causa das " suas causas sociais" não é por acaso que ela é da Amieira, existe uma associação na Amieira, o Aurelio faz parte executiva dessa associação, ela trabalha no pelouro acção social da camara de ourem, etc etc etc

      e uma mao lava a outra e tal e as duas lavam a cara e tal....
      :) :)

      a vida é tramada não é?

      Tudo se sabe

      :) :) :)

      Eliminar
  2. Onde reside? De onde é natural?

    ResponderEliminar
  3. Felizmente que a Ana ainda não fez nada senão seria mais uma a juntar à lista dos que muito mal fizeram a esta terra. Será uma pessoa sem vícios e se o Aurélio chegar à câmara será uma lufada de ar fresco na podridão que hoje reina por esses lados.

    A Paula nunca iria estar ligada ao Aurélio de forma activa porque segundo sabemos não é com o CDS que ela está de costas voltadas mas sim com o Paulinho das feiras, desde que o Ribeiro e Castro de quem foi braço direito e esquerdo, foi atropelado da maneira que foi pelo Paulinho das feiras na sua ânsia de voltar à presidência do CDS.

    Já o Artur foi um golpe de mestre do Aurélio ter ido buscá-lo e com ele ao seu lado terá todas as possibilidades de chegar a franjas da população que o Aurélio teria muita dificuldade em chegar.

    Se aos 3 o Aurélio souber agregar mais gente capaz será uma equipa bem forte e bem difícil de igualar pelos costumados partidos da terra.

    ResponderEliminar
  4. Quem é o Artur? Ah, já sei, um traidor que deveria estar a lamber o traseiro de muitos socialistas que o ajudaram quando precisou!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A quem chamas traidor anónimo das 02:23? A ele que teve a coragem de dizer que não ou a ti próprio que traíste quem em ti votou?

      Foi a lamber traseiros ou a dar a lamber o teu que chegaste onde chegaste? Para se ser socialista tem que se lamber traseiros ou dar a lamber o próprio?

      Antes queria morrer danado numa ditadura que enveredar por esses propósitos em democracia.

      Tenham vergonha na cara e vergonha pelas vossas famílias.


      Eliminar
    2. Fosca-se - então o PS é o partido dos lambe-lambe????

      Chiça - por esta ordem de ideias um marinhense que venha a precisar de ajuda que venha da camara socialista, se a tiver, terá que depois de andar por ai no lambe-lambe dos respectivos dos responsaveis socialistas?

      Porra - ao que isto vai chegando.

      os actuais socialistas locais já bateram no fundo do poço e hoje com este comentário já começaram a escavar para o afundarem mais.

      VENHAM DAI OS GRANDES/ANTERIORES SOCIALISTAS DESTE CONCELHO, HOMENS QUE SEMPRE SE SOUBERAM BATER PELO QUE CONSIDERARAM O MELHOR PARA A MARINHA GRANDE E PONHAM ESTA GENTINHA DE AGORA A CORRER DAQUI PARA FORA!

      ARTUR ÉS UM HOMEM COM H GRANDE. FIZESTE MUITO BEM EM NAO TE VOLTAR A JUNTAR A ESTA EQUIPA.

      Eliminar
  5. Não conheço a Ana nem é sobre ela que quero falar. O importante nos candidatos, qualquer que seja a candidatura, é verificar se as competências e se a sua experiência de vida nos dá indicações de que nos podem dar um contributo para a gestão da coisa pública. Mais ainda, se nas listas existe uma complementaridade e, se após as eleições, terão capacidade e o bom senso para trabalhar em equipa, não só com os colegas de lista mas com os outros eleitos.
    Este é o cerne da questão, porque programas eleitorais, ou não, extensos e que abrangem tudo todos escrevem.

    ResponderEliminar
  6. Não dá para perceber a posição do Artur Granja no seio do MpM, quando ainda ocupa um lugar na Assembleia de Freguesia pelo PS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mais uma que não se entende nestes movimentos independentes. Mantêm o cartão de militante mas apoiam outros. É a coerência que devia existir e não existe.

      Eliminar
  7. Essa Ana terá que "penar" muito.

    ResponderEliminar
  8. Existe falta de vergonha, falta de respeito e falta de consideração.

    Aconselho o aurélio a olhar para as costas dos outros, para no futuro poder olhar para as suas.

    Quanto ao granja, ouvi dizer que nem em terceiro para a câmara vai nas listas, será?

    ResponderEliminar
  9. Sou amigo do Artur e desculpem lá mas custa-me ler o que aqui ja se escreveu sobre ele. Respondendo ao anonimo das 02:23 gostaria de saber quem tem de lember o que a quem. Graças ao trabalho que realizou na marinha grande andou muitos anos à frente e foi um exemplo em termos de planeamento de protecção civil no municipio e no distrito. Quando o João Paulo Pedrosa foi para chefe de gabinete do governador civil percebeu que no distrito pouco ou nada havia sido feito em planeamento de emergencia para o distrito e veio a correr busca-lo para fazer no distito aquilo que tinha feito na marinha grande. Durante este periodo em que esteve em leiria o distrito está entre os primeiros a nivel nacional com mais planos de emergencia dos concelhos entegues. Temos de dar valor a quem o tem. Eu sou do benfica e nao gosto do Jorge Jesus nem da sua tactica, deixei de ir ver os jogos, no entanto não deixo de ser benfiquista. Acho que com o Artur se passou mais ou menos a mesma coisa. Ele nunca foi militante, esteve e concerteza estará sempre com o PS, o que não aceita, e como ele tantos socialistas militantes e apoiantes é com o trabalho que este executivo fez. A sua saida para apoiar o Aurélio só tem a ver com a continuidade deste executivo à frente da autarquia porque não o estou a ver ligado a outro partido que não seja o PS. Mais se duvidas houvesse em 2009 não aceitou ser numero dois do Antonio Santos e passava para o PSD. Acho que estão a ser injustos com ele. o Artur merece todo o respeito e espero que o Aurélio saiba colocar o Artur no lugar que ele merece pois tambem o Aurélio irá colher frutos dessa decisão. O Artur é o numero dois em qualquer movimento, e qualquer partido o quereria para seu numero dois só o PS é que anda distraido e agora que o perderam vem aqui ataca-lo.
    Respeito é o que peço em nome do Artur, porque conhecendo-o como conheço, sei que ele não virá aqui dizer uma palavra, mas não duvido que mais amigos o farão concerteza.
    Boa sorte para ele porque se ha pessoas nesta terra que merecem um reconhecimento pelo trabalho feito á ele.
    Eu e muitos amigos estaremos sempre com ele.

    ResponderEliminar
  10. O Granja é um lambe botas e anda atrás da corrente que lhe parecer mais favorável. Prestes a ficar sem tacho, vê no Aurélio uma oportunidade de arranjar emprego. Mas acho que não vai ter sorte.

    ResponderEliminar
  11. Se alguém merece ser respeitado por tudo o que é e por tudo o que tem feito na Marinha e pela Marinha é o Artur Granja. Só quem tiver memória curta ou quem estiver interessado em tentar atingi-lo a título pessoal pode escrever aqui o que escreveu a um nível título pessoal sobre o Artur.

    Nunca se viu o Artur Granja virar a cara a qualquer pessoa que a ele recorra para tentar resolver uma situação que esteja dentro da área de acção de trabalho do Artur, ninguém poderá dizer que o Artur foi mal-intencionado, aconselhou mal, ou que simplesmente não ajudou fosse quem fosse dentro das suas possibilidades e capacidades.

    Se querem saber algumas das muitas coisas que o Artur fez por esta terra, falem com antigos presidentes de câmara da marinha e do distrito, falem com os seus colegas de trabalho na câmara, falem com antigos e alguns ainda actuais presidentes de quase todas as colectividades do concelho, falem com os antigos e actuais bombeiros do concelho e do distrito, e por fim falam com as centenas e centenas de pessoas, na marinha e no distrito, que a ele têm recorrido para resolverem muitas das situações que as afligem.

    É muito mau quando se não aceita que existem pessoas que batem com as portas, não ao seu partido mas às pessoas que mediocremente lideram esse partido e que têm grande dificuldade em aceitar que existem outras pessoas que não é um tacho ou a promessa de um tacho que as faz ficar quietas ou caladas. E muito menos como pagamento de hipotéticos favores.

    Um dos anónimos falou aqui que o tempo de trabalho do Artur está a acabar-se e que ele irá perder o tacho e por isso se agarra ao Aurélio. Estes anónimos são mais uma vez o exemplo vivo de que pessoas baixas tornam miserável um partido. Tanto querem criticar maldosamente que nem param para pensar o que dizem. Com a conjuntura política do País que está à beira de entrar em colapso politico que poderá conduzir a eleições legislativas antecipadas, se o Artur queria continuar a estar nas coisas por tacho, só deveria ter ficado quietinho, porque se perfila uma vitória nacional para o PS., partido ao qual esteve sempre ligado. Mas não, ele teve a coragem de bater com a porta, coisa que muitos, eles sim, porque não sabem fazer mais nada na vida que não seja ocupar lugares políticos, não só não batem com a porta como aceitam tudo e nem piam.

    Então o Artur deveria andar a “lamber traseiros para pagar favores”? É isso que quem tem cargos políticos aqui na terra costuma ou tem que fazer? Isto assusta, porque se depreende que favores pagam-se com favores, foi isso que aconteceu com as obras da resinagem? Aqui terá havido lambidelas nos traseiros de alguém ou alguéns ou lambidelas nos dedos a contar notas? Ainda bem que o Artur só está num trabalho de protecção e segurança de pessoas e do ambiente e não em nenhuma imobiliária ou outros ramos de construção civil, ou rotundas e bombas de gasolina, ou átrios e permutas de terrenos indevidos, ou em concursos de engolir sapos, muitos sapos, para podridões não virem até á luz do dia, ou antes, capas de jornais.

    Enxerguem-se, vejam-se bem aos espelhos lá de casa antes de abrirem a boca. Porque este caminho das tentativas de assassinatos de caracter é perigoso, muito perigoso e não trará nada de bom ao concelho. Discutam ideias e não pessoas.

    Força amigo Artur e não liques a comentários de gajos e gajas despeitados e de mau carácter que tentam manter-se não por mérito do que tem feito ao longo da vida mas porque tentam e algumas vezes conseguem que pessoas como tu se afastem por não pactuarem com estas formas de estar e de fazer politica.

    Força Artur que se o Aurélio souber e quiser tem em ti um dos elementos chave na sua candidatura. Porque se existem boas pessoas e pessoas boas nesta terra marinhense tu, Artur, enquadraste em ambas.
    Quem aqui te tenta denegrir é quem sabe o grande valor como marinhense, como profissional e como homem que tu tens. Só se tenta aniquilar quem mete medo.

    ResponderEliminar
  12. Faço minhas as palavras do anónimo das 12:27 - O Granja é um homem respeitado e respeitável.

    Foi com a prestação de serviço dele no departamento da protecção civil na câmara que se fez alguma coisa a esse nível do concelho.
    Lembro-me das brigadas de vigilancia da mata, lembro-me da tentativa dele de criar junto das colectividades as brigadas dos lugares, lembro-me da criaçao dos clubes de protecção civil nas escolas, e mais, muito mais trabalho que ele desenvolveu a todos os niveis. E por mais curioso que possa parecer foi sempre do interior do PS local que mais obstáculos lhe apareceram.

    Tenham vergonha e não tentem denegrir uma pessoa que ao longo da sua vida muito tem feito pelo concelho.

    Artur Granja vás em numero 2 ou numero 3 ou numero 50 nas listas do MpM podes contar com o meu voto e de todos aqueles amigos que eu puder influenciar a votarem em ti.

    És um homem integro e todos sabemos que seja qual seja a função que eventualmente venhas a ter na camara, se o movimento ganhar, a desempenharás com profissionalismo, empenho, dedicação e sobretudo honestidade.
    Força amigo que os cães ladram e a caravana passa.

    ResponderEliminar
  13. Nao posso estar mais de acordo com o anonimo da 2h23.Para que conste o Artur nao tem mais nada a receber do PS.Para os menos atentos,este cavalheiro vai para onde lhe ``cheire`` a tacho.Recordo para os menos atentos,o Artur foi um PSD de primeira linha no anos oitenta.Em relacao ao estar ainda na proteccao civil distrital,foi mais 1 ``Job for de Boyes``,alias como ja tinha sido quando entrou para os quadros da CMMG ,sem concurso.Na altura ja estava ligado ao PS por conviniencia.Neste altuta esta a jogar em 2 tabuleiros,o do Aurelio e do Santos.Para finalizar,alguns dos que lhe deram a ``mao`` estao mais do que arrependidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O seu trabalho foi mau? Não me parece que tenha sido o caso.

      Eliminar
    2. Caro anónimo das 13:59 fala com uma grande convicção sobre o facto do Artur não ter mais nada a receber do PS, sinal de que ou é ou faz parte de quem distribui ou decide distribuir favores, a sua convicção é demonstrativa disso.

      A ser assim, se o Granja não tem mais nada a receber é sinal que havia algo a pagar-lhe, penso que somos merecedores de saber que favores é que são esses já que foram pagos com lugares pagos com dinheiro publico.

      Que vos fez o Granja para que lhe tivessem que pagar, arranjando-lhe quer na camara quer na distrital, um lugar?

      Penso que se exige esse esclarecimento.

      Eliminar
    3. Sim senhor anónimo das 14:53. Que estes gajos venham dizer que é que o Granja fez para que lhe fosse pago em "tachos". E só agora é que o denunciam? Ou é o despeito a falar mais alto?

      Não destilem o veneno todo de uma vez, a procissão das candidaturas ainda nem começou.

      Quando as listas das pessoas candidatas quer do MpM quer do +Concelho começarem a ser tornadas publicas, gente haverá que morrerá envenenada com o seu próprio veneno.

      Tenham vergonha, deixem o Granja fazer o caminho dele que é um caminho que a maioria dos políticos desta terra não sabe percorrer, o caminho que só pessoas de bem como o Granja conhecem e sabem percorrer: o da INTEGRIDADE.

      Um abraço amigo Granja, sempre ás suas ordens PROTECTOR!

      Eliminar
  14. Ena Artur, eu não sabia que eras assim tão importante para seres assim tão disputado. Sempre fui muito orgulhosa de te ter como amigo. Parece que eu tinha razão em ter este orgulho.

    Se localmente apoiaste projectos exequíveis e pessoas válidas e não partidos só por causa das siglas ou das bandeiras, fizeste tu muito bem.

    Se todos fizessem assim, hoje nao estavamos com um concelho tão pobre e tão escabroso como está.

    Tens o meu voto se seguires em frente.

    E não ligues a estes senhores. O ressentimento é um osso duro de roer.



    ResponderEliminar
  15. Eh á, falta acrescentar que o Artur também trabalhou com um executivo CDU, Também a CDU lhe pagou favores???

    Quando as pessoas permanecem nos seus lugares de trabalho atravessando varias cores partidárias é porque o seu trabalho é meritório.

    Deixem-se destas coisas sobre o Artur que não lhes fica bem.

    Quer dizer, enquanto pensaram que ele estava ainda sob cor rosa era o melhor homem do mundo, mas só porque ousou dizer não à cor rosa já passa a ser o pior ser humano no universo?

    É por essas e por outras que pessoas muito válidas quer pessoal quer profissionalmente não querem ter nada a ver com politica nem com os politicos, porque onde estes politicos tocam tudo vira porcaria se não for ao jeito deles.

    Artur, tens todo o meu apoio, és um homem como deve ser e não será estas tentativas de te denegrirem como pessoa que farão com que não sigas em frente e venhas a mostrar que vales muito mais que toda esta ralé que por aqui tem imperado na politica marinhense.

    Ana, seja a Ana quem for, parabéns pela sua disponibilidade por vir lutar por uma melhor qualidade de vida na sua terra e trazer s diferença.

    Aurélio, mantêm-te firme nos teus propósitos, ganhar ou vencer é uma consequência. O caminho a percorrer é que fará toda a diferença e vocês são gente que sabe estar e sabe ser.

    Só MpM é que está a causar sururu o que é sinal que estão a incomodar.
    Ganhem força, vão buscar pessoas sérias e honestas como o Artur para a vossa causa, tragam para a marinha pessoas competentes e conhecedoras como a Ana que é Marinhense mas que teve que procurar vida profissional fora da terra que a viu nascer, enaltecem pessoas como o Amadeu e o Martins que muito contribuíram para a construção de uma identidade empreendedora marinhense reconhecida nos 4 cantos do mundo, dêm a oportunidade a pessoas como o Rainho que praticamente em anonimato muito tem trabalhado em prol da educação das crianças, adolescentes e jovens deste concelho.

    Ousem trazer uma nova forma de estar e de fazer politica.
    Ousem partir muros, derrubar castelos, entrar em redutos há muito fechados à entrada de sangue novo.

    Tragam seniores com experiência feita, idóneos e respeitados, tragam os jovens e os jovens adultos com novas ideias e novas formas de estar na vida.
    É urgente renovar este reduto, é urgente uma nova esperança.






    ResponderEliminar
  16. Não tenha muita confiança pessoal com o Artur mas aprendi a admira-lo quando assisti a algumas das conferencias que ele fez. É de facto um homem que sempre soube estar no desempenho da sua missão sem nunca se deixar enrolar pelos partidos. Veja-se que é levado para a camara pelo Alvaro Orfão, enquanto técnico. Passa o mandato da CDU com o Barros Duarte e com o Prof. Cascalho. E é neste período que o Joao Paulo Pedrosa o vem buscar para leiria. Que eu saiba ele só entra no PS como independente na Junta de Freguesia a apoiar o Dr. Alvaro Pereira que ia dos bombeiros onde tinha trabalhado com ele. Mas isto é a minha opinião e vale o que vale. O que me lembro bem, e mais recentemente foi daquele encontro que decorreu no parque, no antigo salão de chá, onde ele nos falou das linhas de agua do concelho e dos riscos que tinhamos de inundações por erros de crescimento urbanistico desordenado e completamente contrario ao que seria normal. Nunca vou esquecer a viagem que com ele fizemos na visita às arribas de S. Pedro de Moel, onde ele nos mostrou os perigos ali existentes e nos falou de todos os esforços que tinham sido feitos para que se realizassem as obras de estabilização que só recentemente foram feitas. Obrigado Artur por tudo o que fizeste por este concelho e espera que não seja agora que se deixe ir abaixo por uma cambada de incompetentes não perceberem que não é o senhor que está mal. São eles é que estão mal. Conte comigo. Em nome de muitos marinhenses um grande abraço

    ResponderEliminar
  17. O que o anónimo das 16:19 aqui escreveu é verdade.

    O Granja estava a trabalhar na Câmara Municipal com o então presidente Alberto Cascalho, portanto sob a bandeira da CDU, quando o João Paulo Pedrosa foi nomeado para o gabinete do então Governador Civil. Foi nesta altura que o João Paulo Pedrosa o veio buscar à Câmara nomeando-o o governo de então PS, adjunto da Autoridade Nacional Protecçao Civil para o distrito de Leiria.
    Foi assumido então um compromisso de honra entre o Governo Civil e a Câmara da Marinha em que sempre que o concelho da Marinha tivesse necessidade dos seus serviços e préstimos o Granja estaria sempre disponível para se deslocar à Câmara Municipal, e assim foi durante um tempo, basta perguntar ao Alberto Cascalho. Talvez o João Paulo Pedrosa ou o PS tivessem outra jogada na manga para destabilizar o departamento da protecção civil camarario ao retirarem o Granja dali quando era a CDU que estava no executivo. Nunca saberemos.

    Foi com o adjunto Artur Granja em Leiria que se deu então o inicio a uma organização a nivel distrital como nunca antes tinha sido feita pois ele andou a trabalhar com todas as câmaras do distrito na elaboração dos Planos de Emergência Municipais e implementou a obrigatoriedade de serem remetidas para a ANPC de Leiria. Também esteve envolvido com todos os corpos de bombeiros distritais na sua organização interna e externa prestando um serviço exemplar.

    Foi um trabalho exemplar que este homem desenvolveu em todo o distrito de Leiria e por onde andou fez grandes e leais amigos pois com a humildade que o caracteriza nunca fez do seu conhecimento, nas matérias que dominava, um reduto fechado. Foi um grande mestre para todos aqueles que com ele tiveram o privilégio de trabalhar. E como ser humano é do melhor eu tive o privilegio de conhecer.

    Vê-lo aqui caluniado desta maneira por quem deveria enaltece-lo é muito triste e quando não nos orgulhamos dos que são nossos muito dificilmente poderemos orgulhar-nos seja do quem for.

    Granja, foi sempre um enorme prazer trabalhar consigo e acredite que um homem com o seu valor profissional e humano nunca terá portas fechadas a não ser daqueles que destilam despeito e escárnio.



    ResponderEliminar
  18. Tive o privilégio de trabalhar com o Artur, enquanto Vice-Presidente da Câmara. Por uma questão de honestidade intelectual, tenho que reconhecer que o Artur Granja, enquanto técnico, teve sempre um desempenho e uma postura exemplar.
    Este pequeno texto é o reconhecimento expresso do respeito e consideração que a pessoa me merece e nada mais do que isso.

    ResponderEliminar
  19. Força Aurélio, nunca aqui neste largo vi tão grande maioria enaltecer as capacidades e virtudes de um exemplar cidadão da nossa terra. Sinal que estás no caminho certo na escolha da tua equipa. Isto sem dúvida incomoda muita gente, mas é por esta diferença de atitude (escolher as pessoas certas para os lugares certos) que eu acredito que irás ter o apoio da maioria da população da nossa terra. Com esforço e muito trabalho, consigas tu passar a mensagem daquilo que é o projeto que move o MpM, as pessoas tal como eu irão ver na tua equipa, não um entrave à resolução dos problemas sejam coletivos ou individuais, mas sim a solução para o engrandecimento da nossa cidade e das nossas gentes.

    ResponderEliminar
  20. Isto aqui vale tudo. É o próprio a auto-elogiar-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço-te um desafio, e trato-te por tu porque não mereces outro respeito, tem a coragem de te identificares, que eu de seguida coloco o meu nome com o nº do cartão de cidadão para que não tenhas dúvidas, para veres que não é o próprio a auto-elogiar-se

      Eliminar
  21. Força Granja, mostra a estes gajos que a honestidade e a rectidão também são predicados para se estar na politica.

    Aqui em casa estamos todos contigo Protector.

    ResponderEliminar
  22. Joaquim Reis

    É pela forma de estar na política que alguns destes anónimos demonstram o porquê de surgiram tantos e tantos movimentos de independentes um pouco por todo o país. Infelizmente são estas as pessoas que formam os partidos. As pessoas estão fartas dos partidos. O que é que os partidos têm feito para merecer a confiança das pessoas? Quando não estamos satisfeitos com as pessoas que lideram os partidos porque é que não podemos sair? Era o que faltava. Estou certo que foi isso que aconteceu com o Artur Granja. Está no seu direito de olhar à volta e constatar que este PS da Marinha Grande foi um ‘flop’. Como todos nós nos apercebemos.
    E mais, trabalho fora da Marinha Grande há uns anos. Tenho conversado com altas chefias dos bombeiros, da Proteção Civil e da Escola Nacional de Bombeiros e sabem o que dizem? Que o Artur é dos homens melhor preparados dentro da área da Proteção Civil em Portugal. Mas lá está, as guerrinha partidárias fazem com que alguns destes anónimos se escudem no anonimato para denegrirem um homem que é conhecido fora desse concelho medíocre politicamente.

    ResponderEliminar
  23. Ena pá tanta euforia.
    E eu cá a pensar que alguem que tem um lugar que ocupou por indicação politica e esse lugar (não lhe chamo tacho ,mas ...)está a chegar ao fim, tem que tentar fazer pela vidinha, que o gazóleo para os jeep fica caro quando se paga do bolso.
    Voltar para os bombeiros? Só se por lá perderem o juizo. Portanto, e como nas listas do PS não conseguiu nenhum cargo remunerado embora tenha sido o PS que o colocou na Protecção Civil (espero que não tenha o desaforo de desmentir) tentou apanhar boleia. E activo é ele sem duvida. Faz pela vida mas não pela politica o que é pena

    ResponderEliminar


  24. O ARTUR GRANJA NUMCA FOI MILITANTE DO PARTIDO SOCIALISTA MAS UM SIMPLES SIMPATIZANTE.

    O AG DEVIA TER A CORAGEM DE QUANDO SE ENCOSTOU AO AURÉLIO PEDIR A DEMISSÃO DA JUNTA DE FREGUESIA DA MARINHA GRANDE PARA SEU PRÓPRIO BEM.

    É UM ELEMENTO VÁLIDO MAS TEM DE TER CUIDADO COM O QUE DIZ

    NADA MAIS TENHO A DIZER

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NAO ESTEJA ENERVADO.

      NAO LI AQUI AINDA NENHUM COMENTARIO DO ARTUR GRANJA.
      E ACREDITO QUE NEM VENHA A COMENTAR POIS ESTAS BAIXARIAS PASSAM-LHE AO LADO.

      DEVIAM PEDIR A DEMISSAO ERA DE QUEM OCUPA CARGOS SEM ESTAR NA PLENA POSSE DAS SUAS FACULDADES, ISSO SIM E QUE ERA SERVICO.

      Eliminar

  25. Lamento profundamente que gente sem escrúpulos venha para aqui com insinuações baixas e porcas sobre uma pessoa que muito tem feito pela vida. Sim pela vida de centenas e centenas senão mesmo milhares de pessoas pelo concelho, pelo distrito e pelo Pais.

    Se todos aqueles que ocupam cargos por indicação politica tivessem a verticalidade que o Artur Granja tem tido na sua posição profissional nem o concelho da Marinha Grande nem o Pais teriam atingido os patamares que atingiram.

    Ser nomeado para um função por indicação politica não desvirtua ninguém em especial se tiverem " um desempenho e uma postura exemplar" como acima refere o ex.vice presidente da câmara A. Constâncio, por sinal, do PS. Se executarem as funções para as quais foram nomeados, não traz nenhum mal ao mundo a nomeação pior é quem governe, sem ter sido nomeado.

    Caro anónimo das 23:13 o PS já foi aqui devidamente crucificado hoje, alguns destes comentários já cheiram a esturro, a vermelho vermelhão ou a laranja laranjäo.

    Podemos ser apelidados de estúpidos mas não somos burros.

    Artur segue o teu caminho, agradeço-te por tudo o que fizeste e deste de ti enquanto profissional a este concelho a maioria das vezes em detrimento da tua vida familiar, pessoal e social, pois os cargos que sempre ocupastes requerem estar em alerta permanente 24/24 horas.

    Esta gente que te critica nunca viveram momentos como nós vivemos, de profunda angustia e medo, algumas vezes rodeados pelo fogo, precisamente a cuidar da vida, das vidas dos outros que abnegadamente defendemos expondo a nossa.

    Se enquanto responsável de protecção civil tiveste sempre um profissionalismo acima da média, enquanto bombeiro foste sempre dos mais destemido e pronto a trabalhar em prol da tua comunidade, da comunidade de todos nós.

    Bem Hajas companheiro bombeiro que foste durante tantos anos e que tive o privilegio de ter a meu lado durante muitos anos.

    Um grande abraço.


    ResponderEliminar
  26. Que bem escreve este anónimo bombeiro. Faça lá um sondagem na corporação e verá que não é bem assim. Sabe que vaidade e presunção em excesso são prejudiciais. E nese momento o problema é que o tacho na protecção civil está a acabar e ele não tinha previsto essa situação. Ágora é um trepa trepa até para afastar algum concorrente nas listas d Aurélio?
    Quem o conhece bem sabe como é!

    ResponderEliminar
  27. Pois parece que quem o conhece realmente o estima.

    Do Granja só tenho a dizer bem e se ele é mais uma vitima desta porcaria de governo que nos desgoverna que vem lançando para o desemprego milhares de portugueses, o Granja é mais um, infelizmente, lamento profundamente.

    E mais ainda lamento a falta de respeito por quem está nesta situação, neste caso, por ele.

    ResponderEliminar
  28. E já que o anónimo das 00:23 parece bem inteirado do que se passa na corporação dos bombeiros, diga lá o que pensa da direcção que lá está.

    Aproveite e diga também se já fizeram alguma sondagem aos bombeiros para aferirem o grau de satisfação dos mesmos para com a direcção e o comando.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conversa da "treta".

      Eliminar
    2. Treta é o trabalho desta direção e deste comando. O comando deixa a parte operacional andar abandalhada e a direção tem lá um funcionário, que se for tão bom, como era na rádio, já deve ter arrecadado uma boa quantia para o bolso... até porque ele é que manda nas contas, os outros só assinam! Essa sondagem era tão bem vinda!

      Eliminar
    3. Segundo pode apurar, já dei para uma viagem ao estrangeiro.

      Eliminar
  29. Se ele é assim tão bom porque não é ele um dos cabeças de lista ou o mandatário do MpM?

    ResponderEliminar
  30. Falam falam falam mas...

    Afinal quem é essa Ana?? Que mais valia trará ao concelho se for eleita?

    Que faz ela? Que competências tem?
    É a numero 2 do Aurélio para que e como? Mas alguma vez os marinhenses votam em quem nao sabem quem é?

    Engenheiro Aurélio continue, a CDU agradece, até porque na Kremlim marinhense também é um que veio de fora e veja-se o que fez ao partido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que importa essa Ana ou o Aurélio ou os Jorges ou o Rainho ou o Amadeu????

      Ou os projectos ou as ideias?

      O que importa é malhar no Granja.

      Força ai!

      Eliminar
  31. Sim senhor, estou deveras surpreendido.

    Afinal o Granja faz muita falta ao PS, está a assustar a CDU, encosta o PSD, e com algum jeito ainda se arrisca a ser o candidato que mais visibilidade trará ao MpM. E nem precisa de ser cabeça de lista e muito menos mandatario.

    Mas que grande acção de campanha ajudaram o MpM a fazer, sim senhor.

    Está aqui uma coisa com algum jeito.

    ResponderEliminar
  32. Acção de campanha? Aqui no Largo? - Esqueça.
    Pura perda de tempo.
    Os que aqui escrevem não precisam de acções destas para tomarem uma decisão quanto ao destino a dar ao seu voto.
    Vir aqui "vomitar" todos estes elogios de uma pessoa é no minimo estranho. Será que a pessoa é mesmo tudo isso? Tenho algumas dúvidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem terá sido este comentador? Vamos lá adivinhar. Não tem muito que fazer, gosta de usar o termo vomitar e até já vomitou duas pessoas há pouco tempo. Aceitam-se sugestões ah ah ah ah

      Eliminar
  33. Porquê? Já não se pode ter dúvidas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e bebedeiras também se pode, não pode?

      Eliminar
  34. Será verdade ou não, uma calhandrice que me chegou aos ouvidos de que o Granja ia para o desemprego no final deste mês.
    A ser verdade, ai está a explicação do seu surgimento ao lado do Aurélio e a sua possível intenção em vir a ocupar o lugar de Comandante dos Voluntários da Marinha Grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e os bombeiros ficavam muito melhor entregues...

      Eliminar
    2. A questão está na forma como se chega lá.

      Eliminar
    3. De numero 2 para a câmara já lhe amandam com o cargo de comandante dos bombeiros?
      Não tarda nada também dizem que quer ser presidente da republica.

      Oh Granja, segue em frente que pareces estar a fazer comichão a muito boa gente.

      Eliminar
    4. É engraçado como eles se defedem uns aos outros.
      Para o Anónimo das 15:37 as coisas estão a correr de forma normal.
      É o chamado "Nacional porreirismo".

      Eliminar
    5. Carissimo anonimo das 14:20, o Granja já deveria ter ido para o desemprego quando terminou o governo do partido do qual o senhor parece fazer parte, ou seja, do PS.
      O PSD ganhou as eleições e o Granja foi mantido em funções mesmo tendo sido nomeado por outro governo.
      Com os cortes e mais cortes que este governo PSD tem feito ao povo português, por culpa da desgovernação do seu partido PS e deste governo PSD, o Granja será mais um portugues lançado para o desemprego engrossando a lista dos quase 20% de desempregados neste País. Gozar com esta situação só demonstra a falta de respeito para com todos os portugueses que neste momento vivem este flagelo todos os dias.

      Granja, um profissional com a tua experiência e qualidades não ficará no desemprego muito tempo, tens amigos, tens pessoas que te reconhecem valor, tns muitas portas abertas.

      E de certeza que nenhuma dessas pessoas te dirá que precisas de andar a lamber seja o que for, atirando-te à cara, um emprego que será como sempre foram os que ocupastes, bom, para ambas as partes. Porque tu és um profissional.

      Tentarem amesquinhar um homem que está numa encruzilhada da sua vida, infelizmente pelos piores motivos, é revelador da natureza humana na sua pior faceta.

      Eliminar
    6. Portas abertas? Fale é de "tachos"? Ai sim, já dá para perceber o porquê de toda a crispação em torno deste assunto.

      Falta de respeito? Gozar?

      E quem escreve assim: "...um emprego que será como sempre foram os que ocupastes, bom, para ambas as partes...".
      Não está a gozar?

      Tenham respeito por quem TRABALHA.

      Eliminar
    7. Ja agora... O cargo de comandante nao e nem devera ser politizado.

      Eliminar
  35. Anónimo das 17:19, só quem nunca foi bombeiro ou técnico de segurança ou esteve em lugares onde a segurança de pessoas e bens é a prioridade máxima pode falar assim. Já trabalhou alguma vez num sitio destes? Você nao sabe o que diz, se soubesse, teria mais respeito por quem trabalha nestas funçôes.
    na tentativa de atingir o Granja está a atingir centenas e centenas de profissionais que zelam por si e pelos seus até quando você e os seus estão descansados nas suas camas a dormir.

    ResponderEliminar
  36. Notícia de última hora: o Granja vai ser cabeça de lista de um novo movimento.

    ResponderEliminar
  37. Em resposta ao anónimo cobarde que no dia - 15 de Maio de 2013 às 22:32 - insinou escrevendo o que possivelmente está habituado a fazer, respondo bem firme: Quanto às contas não é verdade que mando nelas e os outros só assinam, pois há regras a cumprir. Mas, mesmo assim, estarei à disposição para quem quiser esclarecer qualquer dúvida, desde que sejam cumpridos os Estatutos da Associação. Em relação ao desempenho da Direcção não sei qual é a preocupação, pois no final de 2012 houve eleições e apenas apareceu uma Lista. Onde estão os que não estão satisfeitos? Devem ser os anónimos. – “Críticas... podem ser construtivas ou destrutivas... Difícil de recebê-las, mas fácil de fazê-las... É muito fácil dizer que algo não está bom, mas fazer melhor é que são elas...” Quanto à minha vida privada essa é minha e de quem me rodeia e de mais ninguém. Sempre estive e estou para Servir e não para me Servir. Não faço dos lugares que ocupei e que agora ocupo trampolim para qualquer coisa que seja, ao contrário de alguns que aqui escrevem escondidos pelo anonimato, nem tão pouco me ponho na linha da frente ou em bicos dos pés para qualquer coisa que seja. Nunca prejudiquei Pessoas, Instituições e outros mais, antes pelo contrário prejudiquei-me várias vezes para ajudar os meus amigos e os meus falsos amigos, mas não estou arrependido, voltaria a fazê-lo. É fácil esconderem-se através do anonimato para denegrir a imagem das pessoas, mas “os cães ladram e a caravana passa”. É a primeira vez que aqui escrevo e também deve ser a última. Vitor Batista.

    ResponderEliminar